FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Justiça Federal no CE autoriza o poder público a fazer reintegração de posse das rodovias federais


Decisão proferida pela 1ª Vara da Justiça Federal no Ceará deferiu pedido do poder público, autorizando-o a adotar as medidas necessárias e suficientes para a imediata reintegração de posse das rodovias federais interditadas, "bem como determina a obrigação de não fazer aos réus no sentido de impedir ações de turbação e esbulho e a interdição de outros trechos ainda não obstruídos". 


Protestos na BR-116 pelo Ceará impediram a circulação de caminhões ( Foto: Thiago Gadelha ) 

A decisão também prevê multa de R$ 10.000,00 por pessoa física participante. Mais detalhes em breve.

Fonte DN

Como a greve dos caminhoneiros está paralisando o Brasil



greve dos caminhoneiros, iniciada pelo descontentamento da categoria com o elevado custo do diesel, chega a seu 4º dia nesta quinta-feira (24) com efeitos reais sobre o cotidiano dos brasileiros e influência sobre o processo político nacional. O desabastecimento provocado pelo protesto atinge de postos de gasolina a supermercados e fábricas. Tanto o presidente Michel Temer quanto o Congresso Nacional tiveram que se mexer para evitar um transtorno ainda maior para a população.

Apreensivos pelo risco de ficar a pé, milhares de motoristas correram para os postos de combustível em diversas capitais. Com a redução de estoque, o preço na bomba disparou. No Recife, o litro chegou a ser vendido por quase R$ 9, conforme registro da TV Globo.
A falta de diesel acendeu o alerta da Prefeitura de São Paulo, que decidiu ontem travar 40% dos ônibus da cidade. Concessionárias do transporte coletivo informaram problemas de combustível que afetariam viagens nas zonas leste, norte, sul e oeste da capital paulista. Nesta manhã, porém, apenas 3% da frota estava parada, segundo a Folha.
A coleta de lixo ainda não sofreu alterações em São Paulo. Mas, se a paralisação continuar nesta sexta-feira (25), o serviço também pode ser prejudicado, de acordo com a prefeitura.
Nesta quinta-feira, os protestos já atingem 15 estados e o Distrito Federal. No Rio de Janeiro, apenas metade da frota está circulando. A BRT decidiu fechar as estações na zona norte e na zona oeste do Rio pela manhã.
A Infraero chegou a advertir que aeroportos brasileiros corriam risco de ficar sem combustível e, portanto, um cancelamento em cascata de voos poderia ocorrer. As empresas aéreas já adotam um plano de contingência para o pior cenário.
 Aeroporto de Congonhas está usando queresone de aviação para abastecer seus aviões. Até sexta-feira à noite, há combustível para cumprir as viagens previstas.

Impacto da greve dos caminhoneiros na política
A pressão toda dos caminhoneiros já surtiu efeito. Ainda na tarde de quarta-feira (23), a Petrobras anunciou redução de 10% no preço do diesel nas refinarias. A queda é de 25 centavos por litro aos consumidores. A promessa é de que o valor mais baixo vá valer por 15 dias.
O presidente da estatal, Pedro Parente, disse que não estava cedendo a pressões "do governo ou de movimentos sociais". "Estamos fazendo uma avaliação realista da situação do País", justificou.
Entretanto, o presidente Michel Temer deixou sua digital na decisão da Petrobras, na avaliação do colunista Bruno Boghossian, da Folha.
Ainda ontem, Temer acabou com a Cide (Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico) sobre o diesel. A Câmara dos Deputados zerou a PIS/Cofins sobre combustíveis até o fim de 2018. A votação simbólica em plenário também aprovou a reoneração da folha de pagamento de outros setores para equilibrar as contas, com a menor arrecadação com impostos sobre combustível.
Porém, a Associação Brasileiros dos Caminhoneiros informa que só encerra a greve quando estiver no Diário Oficial da União a isenção de PIS/Confins e Cide sobre o diesel. Está marcada uma reunião da entidade com o governo na tarde desta quinta na Casa Civil.

Falta de combustível impactará operações aéreas 'nas próximas horas', diz associação de companhias aéreas; entidade alerta para atrasos e cancelamentos


A Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) informou na noite desta quarta-feira (23) que "haverá impacto para as operações aéreas nas próximas horas" em razão da falta de combustível causada pela greve de caminhoneiros. A entidade alertou para atrasos e cancelamentos, embora tenha dito não saber calcular o número preciso.

A recomendação é que os passageiros procurem as companhias aéreas já a partir desta quarta-feira (23) para confirmar seus respectivos voos. A associação representa LATAM, Gol, Azul e Avianca.

Em resposta, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou na noite desta quarta-feira (23) a redução de 10% no diesel nas refinarias e disse que vai manter a redução por 15 dias. A redução representa menos R$ 0,26 no litro do diesel.

Ao menos duas das companhias disseram que remarcarão sem custos bilhetes para passageiros. A Azul isentará passageiros com viagem marcada até 31 de maio. A Latam não cobrará taxa em voos domésticos com partidas, chegadas ou conexões em Aracaju, Brasília e Recife nesta quarta e também na quinta (24).
Contatos das companhias aéreas

    LATAM: 4002-5700 e 0300 570 5700 (www.latam.com)
    Gol: 0300 115 2121 e 0800 704 0465 (www.voegol.com.br)
    Azul: 4003-1118 e 0800 887 1118 (www.voeazul.com.br)
    Avianca: 4004-4040 e 0800-286-6543 (www.avianca.com.br)

Leia a íntegra da nota da Abear:

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) está acompanhando com preocupação a paralisação de caminhoneiros pelo país e os reflexos para o transporte aéreo comercial. Haverá impactos para as operações aéreas nas próximas horas em decorrência da falta de abastecimento de combustível em alguns aeroportos brasileiros. Ainda não é possível contabilizar o número de voos ou rotas impactadas.

Alertamos aos passageiros para que estejam cientes quanto a eventuais atrasos e cancelamentos. Para embarques a partir da noite dessa quarta-feira (23), recomendamos a consulta do status de voo junto às empresas (por meio de sites, SACs ou aplicativos) antes mesmo do deslocamento ao aeroporto.

A ABEAR ressalta que a aviação comercial segue rígidos padrões de segurança, inclusive em relação à quantidade de combustível necessário para cada voo.

Fonte G1

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Fortaleza: Criança morre após cair em fossa de escola



Uma criança morreu e duas ficaram feridas após o chão de uma escola municipal ceder, no bairro Ancuri. O incidente aconteceu por volta das 9h desta quarta-feira (23), no Centro de Educação Infantil Professora Laís de Souza Viera Nobre.

Segundo informações apuradas no local do acidente, as três crianças brincavam nos fundos da escola, onde fica localizada a fossa do imóvel. Em determinado momento, o chão cedeu e as três crianças caíram na fossa da instituição de ensino. Duas delas foram resgatadas com ferimentos leves e atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Hannah Évelyn de Andrade Laranjeira, prendeu o braço no anel da fossa e ficou submersa por muito tempo. A criança de apenas 4 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) recolheu o corpo da criança por volta das 12h30.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Fortaleza esclarece que já determinou a apuração do fato internamente e que está acompanhando as investigações periciais e policiais. Ao mesmo tempo, lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com a dor da família. Considera essa uma tragédia inaceitável, que merece a mais rigorosa apuração. A Prefeitura deverá, ainda hoje, trazer mais detalhes sobre o acidente e as providências a serem tomadas.

Fonte DN

Mesmo após Petrobras anunciar redução, gasolina volta a subir na Capital e atinge R$ 4,89





Postos de Fortaleza promovem novo aumento nas bombas na manhã desta quarta-feira (23) e surpreendem motoristas


Em um posto BR da Av. Desembargador Moreira, valor cobrado pelo litro da gasolina passou a ser de R$ 4,89 na manhã desta quarta-feira (23) ( Foto: José Leomar )


Mesmo depois de a Petrobras anunciar ontem uma redução nos preços cobrados pelos combustíveis nas distribudoras, os postos de Fortaleza voltaram a aumentar os valores praticados nas bombas na manhã desta quarta-feira (23). O litro da gasolina, por exemplo, que custava em média R$ 4,59 até a noite desta terça-feira (22), subiu R$ 0,30 e já é encontrado por R$ 4,89 em diversos estabelecimentos da Capital.

Segundo apurou a reportagem, pelos menos três postos já estão praticando os novos valores nesta quarta-feira, sendo dois deles da bandeira BR, um na Avenida Desembargador Moreira e outro na Av. Senador Carlos Jereissati, e um da Shell, na Av. Bernardo Manuel. Através da ferramenta VC Repórter, vários leitores do Diário do Nordeste também relataram que os preços também subiram em seus bairros.

A alta pegou muitos motoristas de surpresa nesta manhã, ainda mais porque o novo reajuste acontece poucos dias após caminhoneiros de todo o País protestarem contra os sucessivos aumentos nos preços da gasolina e do diesel, forçando o governo federal a entrar em acordo com a Câmara dos Deputados e o Senado para eliminar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) incidente sobre o diesel.
O diesel, inclusive, também subiu na manhã desta quarta-feira, tendo em vista que já era encontrado por R$ 4,19 na maioria dos postos da Capital. No último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), feito na terça-feira passada (15), a média de preço do combustível em Fortaleza era de R$ 3,79.

Queda nas refinarias
Com a política de preços para os combustíveis adotada pela Petrobras desde o ano passado, que altera quase diariamente o valor médio nas refinarias, os preços da gasolina e do diesel caíram nesta quarta-feira, a primeira redução após cinco dias de altas consecutivas.

Com o reajuste, o preço médio do litro da gasolina sem tributo nas refinarias passa a ser de R$ 2,0433, com queda de 2,08% em relação à antiga média de R$ 2,0867. No mês de maio, o combustível acumula uma alta de 13,6%. O valor médio nacional do litro do diesel caiu para R$ 2,3351, 1,54% menor do que a medida anterior, de R$ 2,3716. No mês, o produto acumula um aumento de 10,6%.
O presidente da Petrobras reforçou que a redução de preços desta terça foi consequência do recuo no câmbio, ocorrido após a intervenção do Banco Central no mercado.

Fonte: DN

Canindé - Quase quatro quilos de drogas são apreendidos pelo BPRaio



Quase quatro quilos de drogas foram apreendidos, após uma denúncia anônima repassada aos policiais militares lotados no Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), na cidade de Canindé – Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Maior parte dos entorpecentes estava escondida em uma residência, na localidade de Poço, onde a droga foi encontrada nessa segunda-feira (22). Um suspeito, que confessou ser o proprietário do ilícito, foi preso.

As diligências que resultaram na apreensão ocorreram após informações repassadas aos profissionais de segurança, acerca da localização de um homem, que havia reagido a uma ação policial no dia anterior. Chegando ao local, os policiais avistaram um homem, em atitude suspeita, que tentou fugir, mas foi rapidamente contido pela equipe. o mesmo  que já responde por furto e receptação, afirmou que o suspeito procurado pelos “raianos” não estava na propriedade.

Uma busca foi realizada na região, inclusive no interior do imóvel. Inicialmente, uma balança de precisão foi apreendida. Em seguida, foram encontrados dentro de um buraco no chão, do lado externo da residência, quase quatro quilos de entorpecentes – 2,7 quilos de cocaína e mais de um quilo de crack. Ao ser questionado,ele confessou ser o proprietário das drogas e que traficava no local.

Com a prisão, o BPRaio seguiu em diligências até uma fazenda na localidade de Sousa, onde foram encontrados 290 gramas de um pó, que aparentava se tratar também de cocaína. Apesar da apreensão, ninguém foi encontrado no local. o envolvido  e os matérias ilícitos   foram encaminhados à Delegacia Regional de Canindé, onde foi formalizado um inquérito policial por tráfico de drogas. Agora, a Polícia Civil dará continuidade aos trabalhos policiais, objetivando capturar outras pessoas envolvidas na traficância.

Fonte: Portal de notícias CE/PMCE

terça-feira, 22 de maio de 2018

Falta de moradia e reintegração de posse, um verdadeiro dilema de famílias em Potiretama.




Falta de moradia e reintegração de posse, um verdadeiro dilema de famílias em Potiretama.

Aproximadamente 56 famílias vivem um verdadeiro dilema no município de Potiretama, município distante 285 KM da Capital Fortaleza, contando com uma população de 6.129 habitantes, segundo dados do IBGE/2010. Possível reintegração de posse de casas ocupadas por 56 famílias no município de Potiretama, está para se concretizar. Famílias que entraram nas referidas casas, na Semana Santa. São famílias que vivem em vulnerabilidade, de baixa renda, sem emprego e que viviam pagando aluguel, porém como a situação financeira delas pioraram nos últimos tempos, se sentiram obrigadas a entrar nessa área, em que existem casas de Programas Habitacionais.  
Desde 2010 foram construídas algumas casas do referido conjunto habitacional, não finalizadas, fazendo com que ficassem inacabadas, impossibilitando totalmente a entrega das mesmas à população. Então as famílias se sentiram obrigadas, por obterem naturalmente, o direito fundamental e constitucional de possuir um teto. Com esse entendimento, e pela extrema necessidade, ocuparam o conjunto habitacional.

Segundo o Pe. Djavan Fernandes, pároco em Potiretama, existe a informação de que a própria gestão municipal fez um pedido de reintegração de posse, e que possivelmente aconteça na quarta-feira dia 23 de maio, por isso ele como representante cristão, juntamente com a Caritas Diocesana, estão se mobilizando para que toda a população do Vale Jaguaribe tome conhecimento, e unam forças em prol das famílias, que estão na ocupação, em buscando não de atritos, porém estão lutando por um direito básico e fundamental que é a sua casa.
Pe. Djavan Fernandes relata ainda, que já foi feito um cadastro, o problema é que às vezes o cadastro desaparece, e que segundo ele, a administração pública municipal, não se pronuncia, ou que o diálogo entre as partes ao menos é concretizado por falta de interesse da própria administração.


Segundo o padre Djavan Fernandes, todas as famílias da ocupação, são carentes, e naturais do próprio município, onde a grande maioria sobrevive com apenas R$ 250,00 mensal, dinheiro oriundo de bolsa família ou demais benefícios sociais, e que grande parte é para o sustento de famílias com 2 ou três crianças ou para pagar aluguel e as demais necessidades naturais de qualquer ser humano.  Ainda segundo o Pe. Djavan Fernandes, a Paróquia foi quem começou a articulação, buscando unir forças com a população local, do Vale do Jaguaribe, para trazer mais dignidade a todos os ocupantes do Conjunto Habitacional em Potiretama, e que não se concretize assim a reintegração de posse por parte da prefeitura municipal, onde trará mais humilhações das que já vem acontecendo com a situação vivenciada por todos no município nessa ocupação.


Fonte. TV Jaguar

Ceará pode ganhar 12 novos municípios




undefined
Distrito de Flores, em Russas, é um dos que há anos luta por sua emancipação
Suspensa há 22 anos, a criação de novos municípios poderá voltar a ser permitida. O projeto de lei complementar (PLP) 137/15, de autoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), deve ser votado hoje no Plenário da Câmara dos Deputados. No Ceará, conforme Luiz Carlos Mourão Maia, presidente da Comissão de Criação de Novos Municípios, Estudo de Limites e Divisas Territoriais da Assembleia Legislativa do Ceará, cerca de 12 distritos atendem aos requisitos estabelecidos pelo projeto e, caso a lei seja aprovada e sancionada, poderão iniciar o processo emancipatório.
Entre os distritos, estão a Jurema, em Caucaia, a Pajuçara, em Maracanaú, e o Pecém, em São Gonçalo do Amarante. No País, estima-se a criação de cerca de 200 novos municípios, segundo o deputado federal Danilo Forte (PSDB-CE), que é favorável à matéria — que precisa do apoio de um mínimo de 257 deputados.
Conforme o PLP, além das novas cidades, distritos poderão ter suas áreas desmembradas de uma cidade e ser incorporadas a outra. Poderá ainda haver fusão entre municípios. A legislação, diz Mourão, resolveria problemas nos limites de outros 28 cidades cearenses, que poderiam repassar áreas de um município a outro.
Para o deputado, as dimensões continentais do País levam à necessidade de uma legislação capaz de criar novos municípios. O parlamentar acredita que pode haver resistência na Câmara, “de setores mais liberais”, que veem na criação de novas cidades ônus aos cofres públicos — o que levou ao veto da então presidente Dilma Roussef a projeto de lei de texto semelhante. “Para isso, criamos procedimentos que questionam o tamanho da população, o número de equipamentos públicos e a capacidade de autonomia econômica”, aponta.
Um número mínimo de habitantes (que no Nordeste é de 12 mil), a aprovação de estudos de viabilidade econômico-financeira, político-administrativa e socioambiental e urbana, e um plebiscito local, além da aprovação na Assembleia Legislativa são alguns dos passos a que os distritos devem se submeter para pleitear emancipação.
O rateio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por um número maior de cidades leva à redução da receita por município, a nível estadual. “Mas, no somatório da receita do novo município com a da cidade-mãe pode haver ganhos locais”, opina José Irineu de Carvalho, economista e consultor técnico econômico da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece). O economista defende estudos caso a caso, mas acredita que a criação de 12 novas cidades não impactaria muito as receitas das prefeituras no Ceará.
Luiz Carlos Mourão Maia baseia-se no Projeto Atlas e Divisas Municipais Georreferenciadas, estudo que revisa território dos 184 municípios cearenses, para determinar distritos que poderão se tornar municípios. Como ainda haverá critérios estaduais, ele se absteve de relacionar todos os 12.
O distrito de Flores, distante 20km da sede do município de Russas, é um dos que há anos luta por sua emancipação. Por diversas vezes, movimentos emancipacionistas formados dentro da comunidade reivindicaram do poder público municipal o apoio à luta. Poucas pessoas ainda acreditam no desejo da comunidade. O Distrito de Flores abrange sete comunidades circunvizinhas e conta com população estimada em mais de 10 mil habitantes.
(O POVO – Repórter Domitila Andrade)

Ceará é o único estado do Nordeste a reduzir a pobreza extrema, comemora Camilo Santana




undefined

O Ceará foi o único estado do Nordeste que reduziu a extrema pobreza em 2017. O número de pessoas vivendo nesta situação no Estado, ganhando até R$ 85 por mês, caiu 3,57%. No Brasil e no Nordeste, os índices cresceram 13,9% e 17,5%, respectivamente.
Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi divulgado e comemorado pelo governador do Ceará, Camilo Santana, em bate-papo ao vivo nesta terça-feira, 22, pelo Facebook.
Para o governador, a redução da extrema pobreza no Ceará está ligada às políticas públicas que vêm sendo realizadas no Ceará. Lembrou que, mesmo no atual cenário de dificuldades econômicas no País, o Estado se destaca em relação ao equilíbrio fiscal e aos investimentos.
"Estou muito feliz com esse resultado, isso nos estimula a continuar trabalhando firme, ir no rumo certo, garantindo resultados importantes para a população cearense, principalmente neste momento difícil, que é esse momento em que o Brasil vive. Que é o retrocesso, não só nas políticas econômicas, mas também nas políticas sociais. Estão cortando o Bolsa Família. Isso (crescimento da extrema pobreza no Brasil) é fruto do corte que o Governo Federal tem feito nas políticas públicas, principalmente, para as pessoas mais pobres desse País. Nós, aqui no Ceará, estamos avançando, estamos ampliando, estamos dando oportunidade para as pessoas mais pobres", afirmou Camilo.
Em todo o  Brasil, apenas cinco estados tiveram redução no número de famílias que vivem em situação de extrema pobreza: Rondônia (13,64%), Amapá (10,77%), Tocantis (6,82%) e Santa Catarina (6,67%). Portanto, o Ceará aparece na quinta colocação do ranking nacional. 
Por outro lado, os maiores crescimentos foram observados no Distrito Federal (56,25%), Mato Grosso do Sul (53,33%), Paraná (43,75%), e Bahia (31,58%). 
undefined

O Povo Online

Taxa de inscrição no Enem deve ser paga até amanhã



Os candidatos que se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até esta quarta-feira para fazer o pagamento da taxa de inscrição de R$ 82, para quem não for isento. O pagamento deve ser feito por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), que é gerada ao fim da inscrição, que pode ser paga em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. A inscrição só será confirmada após o processamento do pagamento.

Segundo o Inep, a inscrição cujo pagamento não tenha sido efetuado até 23 de maio não será confirmada. Não haverá prorrogação do prazo para pagamento da taxa de inscrição, nem que o último dia do prazo seja feriado estadual, distrital ou municipal no local escolhido pelo participante para o pagamento da taxa, segundo o edital do Enem. O prazo de inscrição terminou na última sexta-feira. O último balanço divulgado pelo Inep, divulgado na manhã de sexta, já registrava 6 milhões de candidatos inscritos.

Congresso pode liberar venda de spray de pimenta para proteção pessoal


Um projeto de lei que tramita no Senado Federal pode autorizar a fabricação, a importação e a comercialização do spray de pimenta para proteção pessoal. Hoje, o uso do produto — que irrita os olhos e causa lacrimejo, dor e até cegueira temporária — é restrito a agentes da Segurança Pública.

De acordo com o autor da proposta, senador Wilder Morais (DEM-GO), o objetivo da liberação é que a população, sobretudo as mulheres, possam se proteger de crimes.

O projeto prevê que o gás seja comprado apenas por pessoas maiores de idade que apresentem um documento oficial com foto. O estabelecimento comercial precisará de autorização emitida pelo governo federal para a comercialização e deverá manter, pelo prazo mínimo de 12 meses, um banco de dados com informações dos compradores.

Fonte Ceará Agora

Ceará supera meta de cadastro biométrico em 21%, diz TRE



O Ceará recadastrou, neste ano, 769.322 eleitores, 21% a mais do que a meta inicial, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ao todo, no ciclo 2017/2018, o TRE realizou a biometria em 2.886.401 eleitores no estado.

No cadastro biométrico são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida sua assinatura e tirada uma foto. A biometria garante cadastro único, uma vez que cada indivíduo tem impressões digitais exclusivas. Dessa forma, não é possível uma pessoa se passar por outra no momento da votação.

Cerca de 86 milhões de pessoas já foram identificadas por meio da biometria em todo o país, o que corresponde a mais de 58% do total dos eleitores. A previsão era de cerca de 9 milhões de eleitores, mas cerca de 14 milhões compareceram aos cartórios eleitorais para cadastrar de suas impressões digitais. A meta é concluir o cadastro das digitais de todos os eleitores até 2022.

Fonte Ceará Agora

segunda-feira, 21 de maio de 2018

São Paulo: Dois moradores de rua morrem durante a madrugada fria de SP




Frio Extremo | Dois moradores de rua morreram na madrugada desta segunda-feira (21/maio) na cidade de São Paulo. A suspeita é de que os homens tenham morrido em decorrência das baixas temperaturas registradas na cidade.


Um corpo foi encontrado na Rua General Jardim, na região central, e o outro na Av. do Rio Pequeno, na zona oeste. A Prefeitura aguarda os exames do Instituto Médico Legal (IML) para comprovar as causas das mortes.
Segundo o padre Júlio Lancelotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua, é possível que as vítimas tenham morrido de hipotermia. “As mortes aconteceram na madrugada mais fria do ano”, justificou o padre.

A capital paulista registrou, de fato, a madrugada mais fria de 2018. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), os termômetros registraram em média 8°C e os bairros mais gelados foram Capela do Socorro, na zona sul com 3,2°C e Perus na zona norte, com 5°C.

Em nota, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) informa que foram acolhidas 326 pessoas, por meio da Coordenadoria de Pronto Atendimento Social (CPAS), na madrugada desta Segunda-feira.

Segundo o texto, desde o dia 17 de maio a Prefeitura de São Paulo intensificou o atendimento à população em situação de rua da capital com o início do Plano de Contingência para Situações de Baixas Temperaturas – 2018.

A ação segue até o dia 30 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir o patamar igual ou inferior a 13º, ou sensação térmica equivalente.

Previsão

De acordo com o CGE, a madrugada desta terça-feira (22/maio), também será gelada com termômetros na casa dos 9°C. O dia deverá ter céu claro com predomínio de sol. Os porcentuais de umidade do ar se mantêm baixos e oscilam entre 30% e 90%, com temperatura máxima prevista de 22°C.

A quarta-feira, 23, também terá madrugada fria e durante o dia o sol aparece entre poucas nuvens. Os termômetros devem oscilar entre mínima de 10°C e máxima por volta dos 22°C. Os percentuais de umidade do ar se mantêm baixos, em função do ar seco que inibe a formação de nuvens de chuva.

Fonte: Noticias ao Minuto

Caminhoneiros bloqueiam trecho de rodovia no Ceará em protesto contra aumento do combustível



Um grupo de caminhoneiros bloqueou a rodovia BR-020 (Avenida Quarto Anel Viário) durante uma manifestação na manhã desta segunda-feira (21), no trecho entre Fortaleza e a cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal Federal (PRF), os condutores protestam contra o aumento no preço dos combustíveis.

Segundo a PRF, cerca de 50 caminhoneiros pararam os veículos no acostamento e queimaram pneus na pista para impedir o trânsito. Um congestionamento de cerca de cinco quilômetros se formou na rodovia por volta das 8h11, devido à manifestação.

Os profissionais que participam da manifestação são caminhoneiros autônomos. Segundo Alcivan Fernandes, um dos organizadores do movimento, a categoria busca chamar atenção para a alta no preço do diesel e também para a necessidade de reajuste dos fretes.

“Com a alta do combustível, ficou praticamente inviável o transporte. Então a gente viu a necessidade de paralisar para ter o reajuste do frete e também chamar atenção sobre aumento abusivo do combustível, que na realidade de hoje não consegue mais contemplar todos os nossos custos”.

A PRF informou que enviou quatro equipes para o local. Somente carros de pequeno porte e motocicletas estão transitando pela rodovia.

A Polícia Rodoviária comunicou que foram realizados desvios para os caminhões em direção à cidade de Caucaia e também por vias locais em direção aos bairros da Pajuçara e Centro da capital.

Com informação do G1

Fonte Ceará Agora

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Mulher com consumo médio de R$ 50 em água é surpreendida com conta de R$ 19 mil no Ceará



undefined

A técnica de enfermagem Brena Oliveira levou um susto ao receber a conta de água neste mês de maio. O valor saltou de R$ 50,91 em abril para exatos R$ 19.035, 95.
Morando desde março deste ano com uma colega no Bairro Parangaba, em Fortaleza, Brena, 22 anos, conta que R$ 23 dos R$ 50,91 da conta anterior se referiam ao serviço de religação do abastecimento de água do imóvel recém ocupado.
"Entrei em contato com o dono do residencial para ver se havia alguma cobrança anterior, mas ele disse que era a primeira vez que isso acontecia", diz Brena.
Dos R$ 19.035 que aparecem na conta deste mês, R$ 8.667, 70 foram pelo suposto consumo de água; os outros R$ 10.368,25 correspondem à tarifa de contingência, aplicada pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) aos consumidores que utilizam água acima de uma meta mensal de economia, que no caso da residência onde Brena mora é de 10 m³.

Vistoria no imóvel

A Cagece informou ao G1 que vai enviar uma equipe à residência da cliente para fazer uma vistoria no imóvel e verificar se houve algum erro na medição. Caso seja constatada a falha, o cliente pode denunciar pelo número de telefone 0800.275.0195.
Brena Oliveira disse que entrou em contato com a Cagece por telefone, que prometeu uma visita técnica em até cinco dias para verificar o que pode ter acontecido. Ainda assim, Brena afirmou que iria procurar o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).
"Quero saber de onde eles tiraram esse valor. Aqui em casa está tudo normal, aparentemente nenhum vazamento em torneira, nem nada", comenta Brena.