FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Sete casos confirmados e três mortes no Ceará por H1N1



Sete casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) provocada pelo vírus influenza A H1N1 foram confirmados no Ceará neste ano. Segundo nota técnica divulgada ontem (17) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), deste total, três pessoas morreram em virtude da doença. Ainda conforme o documento, cujos dados se referem ao período entre 1º de janeiro e 14 de abril, o Estado contabiliza uma ocorrência de SRAG ocasionada pelo vírus influenza B. Além da vacina, medidas como lavar as mãos ou utilizar álcool em gel, usar lenços descartáveis e evitar aglomerações se estiver com alguns dos sintomas são formas de se prevenir da doença.
 
 A campanha nacional de vacinação contra a influenza terá início no próximo dia 23. No Ceará, a expectativa é vacinar 2 milhões de pessoas ( Foto: Natinho Rodrigues )

Em todo o ano passado, de acordo com a Sesa, o Ceará registrou 36 casos de SRAG por influeza. A nota técnica não especifica quais tipos de vírus foram responsável pela doença. No entanto, os dados apontam que, do total de casos confirmados, cinco evoluíram para óbito.


Diante do cenário observado, a Sesa reforçou a orientação para que profissionais de saúde das redes pública e privada notifiquem todos os casos internados ou que tenham culminado na morte dos pacientes "para que sejam implementadas medidas de prevenção e controle".
Síndrome Respiratória Aguda Grave
Neste ano, a campanha nacional de vacinação contra a influenza deve ter início no próximo dia 23. A exceção é o estado de Goiás, que devido à quantidade de óbitos registrados - 13 até o momento -, antecipou a mobilização. Serão imunizados grupos prioritários, como crianças com até cinco anos de idade, idosos, portadores de doenças crônicas, gestantes, puérperas, trabalhadores da área da Saúde e população indígena. No Ceará, a expectativa é vacinar cerca de 2 milhões de pessoas.


Ocorrência
A influenza pode ocorrer durante todo o ano, porém sua propagação cresce rapidamente em algumas estações. O Ministério da Saúde aponta o período de junho a agosto, por ser mais frio, como o mais propício para a ocorrência de epidemias de gripes.
No Estado, assim como no restante do Nordeste, segundo o infectologista e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Robério Leite, todos os anos há uma discussão sobre a necessidade de antecipação das vacinas em virtude das condições climáticas, que fazem o período de maior propagação da influenza ser entre os meses de fevereiro e maio.
A vacina contra gripe, que será liberada para os grupos de risco na próxima semana, protege contra estes três tipos de vírus influenza (A, B e C). Conforme o infectologista Robério Leite, o vírus é muito variável. "Ele é um vírus muito diferente. A medida que os anos vão passando a gente vai tendo contato, e o impacto dele já é diferente do que quando foi introduzido em 2009".
De acordo com ele, a expectativa é que em Fortaleza, este ano, haja uma predominância de circulação da influenza tipo A H3N2, mas os registros ainda não confirmam essa projeção. "Não temos ainda dados oficiais. O que se sabe é que neste momento estão circulando as três cepas do vírus". Questionado sobre a suposta gravidade do H1N1 em relação aos demais tipos de vírus da influenza, Robério informa que o cenário mais complicado foi em 2009, quando o H1N1 ainda era desconhecido. No atual momento, afirma ele, os três tipos de vírus "podem evoluir e causar óbitos. No entanto, a situação não está fora de controle. Então não há motivo para pânico". Outro fator importante, reforça o médico, é que a vacina é mais eficaz contra a influenza B e influenza A (H1N1).

Imunização
Robério reitera que em relação à sazonalidade da doença, o Brasil inteiro é tratado de "maneira única". Isto, segundo o infectologista, não deveria ser assim. Pois, no Nordeste, por exemplo, o ideal é que a vacinação tivesse início entre fevereiro e março já que o efeito de imunização adequado é alcançado um mês depois da aplicação. "Se começar a vacinar semana que vem, já é um período de maior circulação do vírus. O melhor momento seria fevereiro", diz.
Outra ponderação do médico é que é preciso diferenciar a influenza (incluindo a H1N1) do resfriado. Na primeira, o vírus provoca febre alta, tosse, coriza e dor no corpo. Já os resfriados limitam-se a sintomas no trato respiratório com coriza e febre baixa. De acordo com ele, os sintomas são muito semelhantes. Só quando se faz os exames clínicos é possível distinguir.
No tratamento, explica o infectologista, a norma técnica prevê que as pessoas que tiveram contato com alguém suscetível à doença devem fazer a profilaxia, com uso do antiviral, em até 48 horas. Embora a comprovação aconteça via exames laboratoriais, Robério informa, que a conduta de iniciar o tratamento é clínica. "Se você for esperar sair o resultado, pode demorar muito e ser um risco. Tem que orientar para o tratamento. Não se espera o resultado do exame laboratorial, que é mais para saber o que está circulando", reforça.

FONTE DN

terça-feira, 17 de abril de 2018

Detran promove leilão de veículos apreendidos com 626 motocicletas, 23 carros e sucata


O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) promove, a partir desta quinta-feira (18), o segundo leilão de veículos apreendidos deste ano. Ao todo, o evento, que segue até sexta-feira (20), oferecerá 967 lotes, dos quais 626 de motocicleta e 23 de carros. Também haverá lotes de sucata, que só poderão ser arrematados por pessoas jurídicas cadastradas. Confira a relação completa de todos os itens clicando aqui.

Diferentemente da sucata, os lotes de motocicleta e de carros poderão ser arrematados por pessoas físicas. O lance pode ser feito presencialmente, na sede da empresa de leilões, localizada na Rua Ademar Paula, número 1000, no bairro Passaré, ou virtualmente. Para utilizar a internet durante o leilão, no entanto, é necessário fazer um cadastro antecipadamente no site do leiloeiro.

Conforme o edital de lançamento do leilão, os lotes de motocicleta têm valor inicial a partir de R$ 500,00, enquanto que os de carros podem ser arrematados pelo preço mínimo de R$ 3.000,00. Os itens já podem ser visitados por interessados a partir desta terça-feira (17), na sede da empresa de leilões.

Entrega e exigências

Os bens arrematados no leilão do Detran serão entregues aos compradores na sede da empresa leiloeira. Os veículos com documentos deverão estar em condições de trafegar até o dia 20 de junho, após os arrematantes providenciarem a revisão dos mesmos e levarem à sede do Detran, na Avenida Godofredo Maciel, número 2.900, bairro Maraponga, para ser feita vistoria e a transferência para o nome do novo proprietário. 

Conforme o Detran, o arrematante também deve se responsabilizar pela vistoria, taxas de licenciamento de 2018, seguro DPVAT, baixa do gravame, transferência, emissão do Dut e alteração de dados do veículo. Na Secretaria da Fazenda (Sefaz), o comprador também terá que obter a nota fiscal avulsa e a taxa de IPVA correspondente. 

Fonte DN

Liberação de Águas do Castanhão Para Fortaleza Deixa População Indignada em Jaguaribara-CE






Discussão, ontem pela manhã, na Câmara Municipal de Jaguaribara, foi acalorada.

No início da quadra chuvosa, o Castanhão acumulava 150 milhões de m³. Ontem, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), estava com 432 milhões de m³, ou seja, 6,45%.

Jaguaribara. Em meio a um clima de indignação, produtores rurais, vereadores, prefeitos e representantes de entidades de classe discutiram, ontem, pela manhã, em audiência pública, realizada na Câmara Municipal desta cidade, a transferência de água do Açude Castanhão para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por meio do Eixão das Águas. O reservatório acumulava, ontem, 6,45% de sua capacidade.

A revolta decorre da decisão do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (Conern) que, no último dia 3, autorizou a transferência, por meio de bombeamento, de água do Sistema Castanhão para Fortaleza. "Isso é um absurdo, passa por cima da decisão coletiva dos comitês de Bacia Hidrográfica", disse o vereador e presidente do Comitê da Bacia do Médio Jaguaribe, Daniel Linhares.

Os participantes da audiência frisaram que havia um entendimento de que a água só seria transferida após o fim da quadra chuvosa. "Fomos surpreendidos mais uma vez", disse Linhares. "Em junho próximo, haverá a reunião de alocação de água dos Vales do Banabuiú, Jaguaribe e Salgado e este é o fórum adequado para decisão sobre a vazão de água nos açudes".

No início da quadra chuvosa, o Castanhão acumulava 150 milhões de m³. Ontem, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), estava com 432 milhões de m³, ou seja, 6,45%. A tendência para os próximos dias é de aumento do volume por causa da cheia do Rio Salgado, afluente do Jaguaribe.

Sem compensação

Na próxima semana, será elaborado um documento a ser entregue ao governo do Estado solicitando a suspensão da transferência de água até o fim da quadra chuvosa e medidas compensatórias para a região. "Não somos contra a retirada de água para Região Metropolitana de Fortaleza, mas não podemos ser prejudicados", frisou o prefeito de Jaguaribara, Joacy Alves dos Santos Júnior (Juju). "Na Capital não tem racionamento, mas aqui tem para moradores e produtores", destacou.

"O governo seca o Castanhão, levando água para indústrias no Porto do Pecém, e para nós ficou a crise econômica, desemprego, esvaziamento da cidade e fuga de piscicultores", disse a vereadora Maria José Martins (Mazé). Segundo os parlamentares, há diversas localidades rurais que enfrentam crise de água no entorno do Castanhão, dependendo de carros-pipa.

O coordenador do Complexo Castanhão, Fernando Pimentel, disse que a gerência da água é da Cogerh, mas destacou a necessidade do uso racional e responsável. "A crise é grave, houve uma melhora com as últimas chuvas, e não podemos repetir erros do passado", pontuou.

Para a vereadora Damiana Martins, o sonho do Castanhão trazer o crescimento da cidade transformou-se em pesadelo. "A renda acabou, os projetos produtivos estão parados e a maioria das promessas dos governos não se concretizou", desabafou.

O piscicultor Francisco Eduardo Almeida (Padim), presidente da Associação dos Produtores de Tilápia do Castanhão, considera um exagero a transferência de água no período chuvoso. "Mal começou a chover já levam a água que poderia assegurar o abastecimento e reinício da piscicultura e de outras atividades produtivas", lamentou.

O coordenador do Núcleo Técnico da Cogerh, em Limoeiro do Norte, Hermilson Barros, esclareceu que a transferência decorre do baixo volume e perda de reserva de água na Bacia Metropolitana, que tem um déficit de 190 milhões de m³ em relação a igual período de 2017. Barros frisou que em decorrência da água acumulada nos rios Jaguaribe e Banabuiú há dois pontos de bombeamento para transferência de água em Morada Nova e Itaiçaba para Fortaleza. "Hoje (ontem) decidimos suspender a retirada de água do Castanhão, as bombas foram desligadas", assegurou. "Jaguaribara precisa conviver com essa dinâmica por causa da crise hídrica e a prioridade é o abastecimento humano", definiu.

Fonte: DN

Ceará registra mais de 20 mil raios em 2018


A Enel Distribuição Ceará registrou, pelo Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, 20.647 raios neste ano no Estado, entre janeiro e abril. Destes, 4.253 foram somente em abril. Até o momento, o município com maior incidência de raios foi Santa Quitéria (1.040), seguido de Granja (1.004) e Crateús (646). Em 2017, foram registradas 72.843 descargas atmosféricas no Ceará. Granja foi o município com mais incidências, com 5.222 raios.

O monitoramento das descargas atmosféricas visa acompanhar e orientar as equipes de manutenção do Estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas. O Sistema foi desenvolvido para identificar o local de queda do raio na rede elétrica, prever tempestades e minimizar o tempo de atendimento.

Fonte Ceará agora

Bandidos assaltam lotérica, trocam tiros com a Polícia e acabam mortos em Monsenhor Tabosa



A cidade de Monsenhor Tabosa (a 300Km de Fortaleza) foi palco de cenas de muita violência na tarde desta segunda-feira (16). Um assalto a uma agência lotérica em pleno Centro comercial do Município resultou numa perseguição policial, tiroteio e morte de duas pessoas. Outros supostos envolvidos no crime continuam sendo procurados. 
 Lotérica M. Tabosa
 O ataque dos ladrões ocorreu nesta agência lotérica na tarde desta segunda-feira

O ataque a agência Lotérica Taboense ocorreu por volta de 14h40, quando era intenso o movimento nas ruas centrais da cidade e havia uma fila no estabelecimento. Dois criminosos chegaram no local em uma moto e anunciaram o roubo.

Os funcionários e clientes viraram reféns da dupla armada. Os clientes entregaram dinheiro e seus objetos pessoais, como celulares, bolsas, relógios e outros bens. Já os funcionários da lotérica tiveram que entregar aos ladrões o dinheiro que havia nos caixas.

Morte e identificação
Na fuga, os ladrões seguiram numa moto modelo Bros em direção à zona rural do Município e a Polícia Militar deu início à perseguição aos bandidos. Na localidade de Lagoa dos Santos, a cerca de seis quilômetros da sede do Município, houve, então, o confronto. No tiroteio, os dois assaltantes foram baleados. Um morreu no local e o segundo, gravemente ferido, ainda foi socorrido pela própria PM e levado para o Hospital Municipal. Dada a gravidade de seu estado clínico, foi providenciada uma ambulância para transferi-lo para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Porém, no trajeto, o bandido morreu.

O assaltante morto no local do confronto, na zona rural, foi identificado pela Polícia como Leandro Lopes Ferreira Filho, 24 anos, conhecido por “Foguinho”, ex-presidiário da Cadeia Pública de Tamboril e que estava cumprindo regime de semiliberdade. Já o comparsa dele não portava nenhum documento. Os corpos foram encaminhados ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) de Sobral, onde permanecem para que sejam reconhecidos e liberados.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Vacinação deve manter Ceará livre do sarampo, apesar de doença avançar no mundo



Com uma estratégia de enfrentamento da epidemia, iniciada em dezembro de 2013, que se tornou referência internacional, o Ceará foi declarado livre do sarampo em 2016, após o fim da transmissão do vírus, anunciado em 24 de setembro de 2015.
 Vacinação deve manter Ceará livre do sarampo, apesar de doença avançar no mundo
O Ceará continua livre do sarampo, mas a ameaça a essa condição se aproxima com o recrudescimento da doença no mundo e o seu avanço no estado de Roraima, com 40 casos confirmados, e no Amazonas, quatro casos em Manaus.


As vacinas de rotina estão disponíveis em todos os municípios e permitem a prevenção, o controle, a eliminação e a erradicação das doenças imunopreveníveis. A população deve permanecer alerta para a atualização do cartão de vacinação.

A vacina Tríplice Viral protege contra o sarampo, caxumba e rubéola e é indicada para vacinação da população a partir dos 12 meses até 49 anos de idade. A Tetra Viral, que protege contra o sarampo, caxumba, rubéola e varicela, é indicada para a vacinação de crianças com 15 meses de idade que já tenham recebido a primeira dose da vacina tríplice viral.

Fonte: Tv Jaguar / Assessoria

Encceja 2018 – Inscrições para o exame começam nesta segunda-feira



As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) deste ano serão abertas às 10h de hoje (16). O prazo para fazer a inscrição termina no dia 27 de abril. As provas serão realizadas no dia 5 de agosto. O sistema de inscrição pode ser acessado na página do Encceja na internet.
 undefined
O exame é direcionado aos jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. Os participantes devem ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental. Quem busca a certificação do ensino médio tem que ter, no mínimo, 18 anos completos na data de realização do exame. A participação é voluntária e gratuita.

Durante a inscrição, o participante deve ficar atento à seleção das áreas de conhecimento. Quem quer o certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio precisa ter proficiência nas quatro áreas do conhecimento e na redação. Mas o participante que já tem alguma declaração parcial de proficiência, obtida em edições passadas do Enem ou do próprio Encceja, fica liberado de fazer a prova da área na qual já tem proficiência comprovada. Na inscrição, o participante também precisa escolher a instituição na qual pretende solicitar a certificação ou a declaração parcial de proficiência.

Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos: a certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação, e a declaração parcial de proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.

Também  serão realizados neste ano o Encceja para quem mora no exterior, para adultos submetidos a penas privativas de liberdade e para adolescentes sob medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade.
(Agência Brasil)
FONTE: TVJ1

Ladrões arrombam cofre do BB de Santa Quitéria e somem com todo o dinheiro



Criminosos ainda não identificados pela Polícia invadiram a agência bancária do Município de Santa Quitéria (a 217Km de Fortaleza), durante o fim de semana passado. O prédio, localizado na Rua Doutor Otávio Lobo, foi devassado depois que os ladrões e conseguiram arrancar um gradeado, que protegia a vidraça, e adentraram no interior do banco.
 BB de Santa Quitéria 2
 População foi surpreendida com o caso e encontrou as portas da agência fechadas nesta segunda

A quantia furtada, no entanto, não foi revelada nem pela instituição financeira nem pelas autoridades da Segurança Pública.
O furto só foi percebido pelos funcionários da agência na manhã desta segunda-feira (16), quando eles iniciavam o expediente. Os primeiros que chegaram ali se depararam com o cofre arrebentado, sem nenhum em dinheiro. Conforme comprovou a perícia no local os ladrões desligaram todo o sistema de segurança eletrônica interna (alarmas e câmeras do vídeo-monitoramento). Depois, usaram um maçarico, abriram o cofre e levaram todo o dinheiro. A gerência local ainda está fazendo levantamento para saber o valor exato que foi levado.

A movimentação policial na manhã desta segunda-feira pegou de surpresa a população. A Polícia Militar isolou o local para preservar a cena do crime até a chegada da equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e da Polícia Federal. Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) foram deslocadas de Fortaleza para aquela cidade no sentido de dar início ás investigações.

Para a população, o furto ocorrido na agência do BB causará transtorno, já que o prédio poderá ficar isolado e fechado por vários dias. A cidade já não conta com a agência do Bradesco, que foi atacada e explodida recentemente.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Moradores do Norte do Estado comemoram cheia de açudes - Regional




Santana do Acaraú /Iguatu. Foi com alegria, que os moradores da Zona Rural de Santana do Acaraú, no Norte do Ceará, receberam a notícia da sangria do Açude São Vicente, localizado no distrito de Baixa-Fria, a cerca de 12Km da sede do Município. Com a cheia, registrada pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), nesta semana, o reservatório passou a fazer parte da lista dos 13 açudes monitorados a operar com 100% da capacidade.
 
Sempre que a chuva que tem banhado a região dá uma trégua, agricultores e pescadores se reúnem, sobre a parede do açude, para lançar as redes, se refrescar na correnteza que desce rumo ao Rio Acaraú, ou apenas apreciar o espetáculo das águas..

arte Desabrigados
Os municípios de Granja e Chaval, também no Norte do Estado, registraram chuva de mais de 105 mm, no início da semana. O que tem causado transtornos em diversos trechos da zona rural. Estragos também foram observados nas sedes de Guaraciaba do Norte e Forquilha. No caso de Granja, cerca de 15 famílias foram atingidas pela chuva, que caiu forte, na noite de quarta-feira e na madrugada de quinta. Cercados pela água, os moradores de áreas consideradas de risco pela Defesa Civil, abandonaram suas casas, em três bairros da periferia. "Cinco famílias vão usar o aluguel social, até que possam resolver essa questão que, infelizmente tem sido recorrente porque sempre voltam a esses locais de risco. O restante já está abrigado em casa de parentes. Teremos também, nessa sexta-feira, o suporte da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), que já enviou equipes para analisar a situação e tomar as medidas necessárias", garantiu coordenador da Defesa Civil de Granja, Francisco de Aquino.

Precipitações
Desde o início da atual quadra chuvosa, em 1º de fevereiro passado, quase que dobrou o volume médio acumulado nos 155 açudes monitorados pela Cogerh. O índice era de 6,6% e ontem chegou a 11,2%. A tendência é de continuar crescente nas próximas semanas. Ontem, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuva em 125 municípios e as cinco maiores foram acima de 100mm, Itarema (164mm), São Gonçalo do Amarante (150.4mm), Uruoca (127mm), Trairi (106mm) e Crateús (102mm). Para hoje, existe possibilidade de chuva em todas as regiões e, para amanhã, há chance na faixa litorânea e no Centro-Sul cearense.

Essas chuvas decorrem da aproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), conforme explicou o meteorologista da Funceme, David Ferran. "Essa aproxima vem beneficiando a região Norte. A nossa expectativa é que pelo menos nas próximas 48h volte a chover no Sul do Estado", informou. Nos últimos três dias houve uma redução das chuvas no Sul do Estado. "Essa irregularidade é muito comum no nosso clima", observou.

Em comparação com o início da atual quadra chuvosa, houve aumento significativo na Bacia do Coreaú, que acumulava 49,83% e subiu para 87,37%; assim como a do Acaraú, que estava com 16,20% e chegou a 28,17%. A preocupação mantém-se com a Metropolitana que registrava 14,50% e agora aumentou para 16,54%. O Portal Hidrológico da Cogerh registra que 18 açudes estão com volume acima de 90% e desse total, 13 estão sangrando. 
 
Enquete

Como se sente com a cheia?
"Cheio de esperança de um inverno com fartura. Há sete anos o Açude não sangrava. Foi um tempo muito difícil para a agricultura e até a sobrevivência dos animais. Não tem imagem mais bonita que essa no Interior"
Narcélio Cristino
Agricultor

"Feliz, porque esse é um inverno abençoado. A região estava precisando dessa chuva toda. A água trouxe de volta a fartura do peixe. Desde o início da semana, eu voltei a pescar. Coisa que não acontecia fazia tempo"

Raimundo das Chagas
Agricultor


FONTE:  DIÁRIO DO NORDESTE

quinta-feira, 12 de abril de 2018

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VITIMA FATAL EM JAGUARIBE-CE







Nesta quarta-feira, dia 11, por volta da 19h40min, PMs foram acionados para o Km 301 da BR 116, em Jaguaribe-CE, onde foi registrado um acidente com um motociclista que perdeu o controle da moto, após bater um buraco na rodovia. a moto envolvida no acidentes trata-se de uma Honda CG 125 Fan de cor vermelha, de placa: OCG-9969, que era pilotada por Francisco Alencar De Souza, 37 anos, natural de Lavras da Mangabeira-CE, o qual veio a óbito em decorrência do sinistro ainda no local. 

Cadela é estuprada e tem cabeça decepada por estuprador em Juazeiro do Norte-CE





Uma cadela foi encontrada hoje, perto do Cras(Centro de Referência a Assistência Social) no triângulo de Juazeiro do Norte, com a cabeça dentro de uma mochila e sinais de estupro, pois até um preservativo estava introduzido no ânus do animal. O caso foi denunciado por populares nas redes sociais.

VIA: ROTA DO CARIRI 24 HS

Cadeias públicas do Ceará devem ser substituídas por prisões de pré-moldados



Representante do Ceará, que há meses vive uma crise na área de segurança pública, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), disse nesta quinta-feira (5) que está tentando viabilizar junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) uma maneira de as cadeias públicas do estado, que serão substituídas por penitenciárias, serem construídas com a tecnologia de pré-moldados. A tecnologia é conhecida por reduzir o tempo e mão de obra nas edificações, e o objetivo é dar agilidade à construção das penitenciárias no estado. Segundo Eunício, construções de tijolo demoram, em média, cinco anos para ser concluídas, enquanto as que adotam essa tecnologia do pré-moldado ficam prontas em menos de um ano.
  Cadeias públicas do Ceará devem ser substituídas por prisões de pré-moldados
Após receber em seu gabinete hoje o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e o governador do Ceará, Camilo Santana, Eunício disse que Jugmann vai conversar com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e que ele tratará do assunto com o presidente do TCU, Raimundo Carreiro, para que se defina como isso poderá ser feito. Sem dar detalhes, o senador explicou que o TCU questiona a forma como serão feitas as obras com essa tecnologia.

O presidente do Senado esclareceu que não se trata de fazer um regime especial de licitação ou de construção. “Claro que queremos a maior transparência possível em relação ao processo licitatório, mas é importante agilizar isso. Todos nós sabemos que o sistema carcerário é precário e que as cadeias públicas são mais precárias e vulneráveis com a superlotação”, afirmou Eunício.
Ele explicou que as penitenciárias seriam construídas com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen). Segundo o senador, o Funpen devolveu ao Tesouro, no ano passado, R$ 1,5 bilhões, que não foram usados na construção de presídios.

Intervenção
Ao sair do encontro no Senado, o ministro Raul Jungmann disse que, apesar da crise de segurança no Ceará, não há nenhum tipo de solicitação, planejamento, preparo, decisão ou estudo a respeito de uma intervenção no estado. “O Ceará vive momentos difíceis, que tem dado preocupação a todos, mas eu acredito que o estado tem força e capacidade para superar esses problemas e vem envidando esforços e dirigindo boa parte de seu orçamento para resolvê-los”, afirmou.

O ministro informou que, no encontro de hoje, o governador Camilo Santana pediu agilidade na instalação do centro regional de inteligência da Polícia Federal em Fortaleza. Anunciado no início deste mês em uma cerimônia no estado, o Centro foi um pedido de governadores de estados do Nordeste por causa do crescimento da atuação de facções criminosas na região, mas ainda não saiu do papel.

Outra demanda do governador cearense ao ministro Raul Jungmann foi a liberação, pelo Exército, de 13 mil armas que já foram licitadas para serem distribuídas às polícias Civil e Militar do estado. Jugmann prometeu conversar com o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, para que as armas sejam liberadas o quanto antes.

Fonte: TV Jaguar /Agência Brasil

Chuvas elevam volume do Castanhão aos 5,01%. Rio Salgado, maior afluente do Jaguaribe teve mais uma enchente



No dia 4 de fevereiro, o Castanhão atingiu a cota mais baixa, 2,21%. De lá para cá, subiu 2.8%, cerca de 200 mi de m³. Ainda é um acréscimo reduzido (Foto: Thiago Gadelha). O Castanhão, maior reservatório do Ceará, deixou, no início desta semana, o volume morto e ontem chegou a 5,01%. 
 Chuvas elevam volume do Castanhão aos 5,01%. Rio Salgado, maior afluente do Jaguaribe teve mais uma enchente
A tendência é de continuidade de aumento da reserva hídrica, pelo menos até o fim desta semana, por causa da cheia do Rio Jaguaribe, com lâmina de 60cm na passagem molhada da velha Jaguaribara. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou, entre as 7h de terça-feira e 7h de ontem, chuva em 93 municípios.

 

As cinco maiores foram no Norte do Ceará, em Coreaú (133mm), Barroquinha (122.2mm), Santa Quitéria (112.5mm), Granja (105mm) e Ibiapina (98mm). Também choveu em todos os municípios da Ibiapaba, Litoral do Pecém, Litoral Norte e Maciço do Baturité. Por outro lado, não houve registro em nenhuma das 18 cidades do Cariri, onde fica a cabeceira do Rio Salgado.

Para hoje, a Funceme prevê possibilidade de chuva no Centro-Norte do Estado e para amanhã nebulosidade variável e chance de chuva em todas as regiões. A aproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no Ceará, entre fevereiro e maio, trouxe precipitações intensas a vários municípios desde a semana passada.
O Rio Salgado, principal afluente do Rio Jaguaribe, registrou a segunda cheia deste ano no início desta semana. Ontem, em Lavras da Mangabeira, a passagem molhada que dá acesso ao centro urbano, assinalou maior nível desde 2012. O mesmo ocorreu sob a ponte Piquet Carneiro, em Icó. A água do Salgado segue em direção ao Rio Jaguaribe, onde deságua em Icó e daí para Jaguaribe e Jaguaribara, onde atinge a bacia do Castanhão. Na barragem de Santana, em Jaguaribe, o nível de sangria é de 50cm. Mais à frente, na passagem molhada da antiga Jaguaribara, chega a 60cm.

Alegria e precaução
O clima de contentamento é observado pelo coordenador do Complexo Castanhão, Fernando Pimentel. "O Rio Jaguaribe está de barreira a barreira na velha Jaguaribara, o nível do Castanhão vem aumentando a cada dia e acreditamos que a tendência é de continuar com o volume crescente porque estamos ainda na primeira quinzena de abril, que deverá ser um mês de boas chuvas", frisou.

Fernando Pimentel, em meio à euforia com a retomada de volume no Castanhão, observou que a população e as instituições têm responsabilidade para o uso racional da água. "O Castanhão estava no volume morto, havia o risco de desabastecimento ainda neste ano, mas agora não podemos cometer os erros do passado, é preciso o consumo responsável, priorizando o abastecimento humano".
Neste ano, o Castanhão já registrou um aumento 5,86m em sua coluna de água. Em 2017, entre 22 de fevereiro e 24 de abril, subiu apenas 2,04m. Ontem, o reservatório registrava 5,01%, com tendência a aumentar até o fim desta semana. A última vez que esteve neste índice foi em julho de 2017. No dia 4 de fevereiro, o Castanhão atingiu a cota mais baixa, 2,21%. De lá para cá, subiu 2.8%, cerca de 200 mi de m³. Ainda é um acréscimo reduzido, mas importante diante da crise hídrica que o Ceará enfrenta desde 2012 com perda sucessiva de suas reservas.

Aportes
A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) registra nos 155 açudes monitorados um volume médio de 10,3%. No início da atual quadra chuvosa, o nível médio era de 6,6%. "Toda água que chegar aos açudes é importante, porque estamos em um ano limite", frisou o presidente da Cogerh, João Lúcio Farias.
A Cogerh registrou ontem aportes em 95 açudes.

O destaque foi para o São Vicente (Santana do Acaraú), que começou a sangrar. Há no momento 11 reservatórios em sangria. Outros seis estão com volume acima de 90% e 103 permanecem com nível inferior a 30%, sendo 30 no volume morto e 20 secos. 

Fonte: Tv Jaguar / Diário do Nordeste

quarta-feira, 11 de abril de 2018

COM POSTO DE SAÚDE FECHADO, MÉDICO ATENDE PACIENTES EMBAIXO DE ÁRVORE NO INTERIOR DO RN





Mostrando humildade o médico Bernardo Amorim falou que não tinha problema, pois estava debaixo de uma planta e fazendo o que gosta.

O Médico Doutor Bernardo, fez parte do seu atendimento na cidade de Umarizal-RN, nesta terça-feira, 10, sentado na calçada de um posto de saúde. Motivo, o posto estava fechado e só abriria às 14hs. Sabe o que ele falou? “não tem problema estou debaixo de uma planta e fazendo o que gosto".

Juiz federal decreta prisão do empresário Deusmar Queirós, dono da rede de farmácias Pague Menos



O segundo maior empresário farmacêutico do Brasil, Deusmar Queirós, dono do grupo Page Menos, pode ser preso a qualquer momento em decorrência do entendimento do Supremo Tribunal Federal, que no caso do ex-presidente Lula estabeleceu prisão após condenação em segunda instancia. 
 Deusmar Queiroz foto 2
 Empresário foi denunciado pelo MPF por Crime contra o Sistema Financeiro Nacional

O juiz federal Danilo Fontenele decretou a prisão do empresário na semana passada. Deusmar ainda não foi preso porque conseguiu uma liminar. Mas com o desenrolar do caso de Lula, sua situação deve ter o mesmo final. O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) pediu à Justiça Federal que seja iniciada a execução das penas de empresários cearenses condenados por crime contra o sistema financeiro nacional.

Entre os réus estão Francisco Deusmar de Queirós, Ielton Barreto de Oliveira, Geraldo de Lima Gadelha Filho e Jerônimo Alves Bezerra. Entre os anos de 2001 e 2006, por meio das empresas Renda Corretora de Mercadorias S/C Ltda e da Pax Corretora de Valores e Câmbio Ltda, empresas do Grupo Pague Menos, os réus atuaram no mercado de valores imobiliários sem registro junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Francisco Deusmar dirige, ao lado do sócio Ielton, os negócios na Renda e também é acionista principal e sócio administrador da Pax.

Geraldo e Jerônimo, embora não figurem nos contratos sociais entre os sócios das empresas, atuavam, de acordo com o MPF, em nome delas, o que na nomenclatura jurídica é definido como longa manus (do latim, mão longa). Os quatro réus foram condenados à prisão, em 2012, em ação movida pelo MPF e que tramita na 11ª Vara da Justiça Federal no Ceará.

Em julho de 2013, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), com sede em Recife, acatou parcialmente recurso da defesa, reduzindo as penas, depois de inocentá-los de crime previsto na Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, mas mantendo a condenação de primeira instância por crime contra o sistema financeiro, previsto na Lei nº 7.492/86. Ielton, Geraldo e Jerônimo foram condenados a cinco anos de reclusão e a pagamento de multa.

A maior pena foi estabelecida para Deusmar Queirós, condenado a nove anos e dois meses de prisão e a pagamento de multa correspondente a 2.500 salários mínimos, em valores vigentes à época dos fatos relacionados ao processo. Entre os argumentos apresentados pelo procurador da República Márcio Andrade Torres, autor da petição de execução penal provisória, para que os réus comecem a cumprir as penas está a decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que afirmou a possibilidade da execução imediata da pena depois da decisão condenatória confirmada em segunda instância, como é o caso dos empresários cearenses, condenados pela Justiça Federal no Ceará e pelo Tribunal Regional Federal.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO