FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Com 95% do Ceará em estado de emergência, Camilo suspende repasse de verbas para carnaval



Ao todo, 176 dos 184 municípios cearenses já decretaram estado de emergência devido à seca que atinge o estado nos últimos 4 anos


A intenção do Governo do Estado é canalizar esforços e recursos públicos para setores que precisam de atendimento emergencial (FOTO: Reprodução/Facebook)
A intenção do Governo do Estado é canalizar esforços e recursos públicos para setores que precisam de atendimento emergencial (FOTO: Reprodução/Facebook)



O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), assinou nesta quarta-feira (21), um decreto suspendendo o repasse de verbas de patrocínio e apoio para qualquer evento festivo relacionado ao carnaval. A suspensão se estende a todas as entidades e órgãos estaduais, mas não se aplica ao Sistema de Incentivo Estadual da Cultura (Siec), lei que apoia através de edital ações como o Festival de Teatro de Guaramiranga.

A intenção do Governo do Estado é canalizar esforços e recursos públicos para setores que precisam de atendimento emergencial e que afetam diretamente a rotina da população. Ao todo, 176 dos 184 municípios cearenses já decretaram estado de emergência devido à seca que atinge o estado nos últimos 4 anos.

Em 2015, o combate à estiagem aparece como uma das prioridades da gestão. O Governo vai intensificar ações como a instalação de cisternas de placa, adutoras emergenciais e de engate rápido, perfuração de poços profundos, construção de novas barragens e ampliação da operação carros-pipa do Exército e do Estado.

 A decisão baseia-se no prognóstico climático para a quadra chuvosa de 2015 no Ceará divulgado na última terça-feira (20) pela Fundação Cearense de Recursos Hídricos (Funceme). Os dados apontaram 64% de probabilidade das chuvas ficarem abaixo da média este ano.

TRIBUNA DO CEARÁ