FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Chacina de Limoeiro foi a 4° no Ceará esse ano

Chacina deixa quatro mortos em Limoeiro do Norte, no interior do CE
Homens armados invadiram bar e dispararam contra clientes e proprietário. Ceará registra três chacinas com 16 mortes nos últimos três meses.
16/05/2015 08h51 - Atualizado em 16/05/2015 16h13
Do G1 CE
Cada uma das vítimas foi atingida por vários tiros, diz polícia (Foto: Arquivo pessoal)
Cada uma das vítimas foi atingida por vários tiros,
diz polícia (Foto: Arquivo pessoal)
Quatro homens foram assassinados em uma chacina em Limoeiro do Norte, no interior do Ceará, na noite desta sexta-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, um grupo armado invadiu um bar na zona rural da cidade, às margens da CE-358, e disparou vários tiros. A Polícia ainda não sabe a motivação do crime e ninguém foi preso.
Os suspeitos fugiram em um carro modelo Palio, cor branca, pertencente a uma das vítimas. De acordo com a Polícia Civil, as testemunhas não conseguiram identificar o rumo da fuga. “Todos ficaram muito assustado e em pânico, ninguém conseguiu ter reação a não ser se abrigar e se proteger”, diz o soldado da Polícia Militar Amilton Rocha.
Morreram Alisson Marques Maia, de 30 anos; Jorge Luís da Silva, 34 anos; Francisco Edson de Sousa, 31 anos; e Paulo Antônio Portela, de 49 anos, proprietário do estabelecimento onde houve a chacina.
Segundo a Polícia Civil, cada um deles foi atingido por vários tiros. No bar foram encontradas capsulas de pistola 9 milímetros, 380 milímetros e de revólver calibre 38. Polícia está em diligencias na região, na tentativa de identificar e prender os acusados. O caso está sob investigação à cargo da Polícia Judiciária (Civil).
4ª chacina
Em menos de três meses, quatro chacinas resultaram na morte de 16 pessoas no Ceará. Em um dos casos, seis pessoas – cinco da mesma família – foram assassinadas em Sobral. A polícia prendeu três suspeitos de envolvimento no crime. Um grupo armado invadiu uma residência e matou cinco pessoas da mesma família e uma pessoa que visitava a residência. A chacina foi motivada por vingança, segundo a Polícia Civil.
Em Maranguape, três pessoas foram mortas e duas foram baleadas. Os homens foram assassinados por gangues rivais que disputavam pontos de tráfico de drogas na Grande Fortaleza, de acordo com Policia Militar.
Em Acarape, dois homens e uma mulher foram assassinados e um homem foi baleado. O crime também foi motivado por disputa por tráfico de drogas, de acordo com a Polícia Militar.