FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Libertadores 2015 - Nos pênaltis , Cruzeiro conseguiu a classificação ao vencer por 4 a 3 nesta quarta

Pela partida de volta das oitavas de final da Taça Libertadores da América, Cruzeiro e São Paulo se enfrentaram nesta quarta-feira (13) no Mineirão. O Cruzeiro venceu por 1 a 0 no tempo normal e nas penalidades, conseguiu a classificação ao vencer por 4 a 3.

Os primeiros minutos de partida foram disputados e os dois times conseguiram espaço para arriscar finalizações e criar oportunidades ofensivas. Aos dez minutos, Michel Bastos bateu de longe e a bola foi para fora.

Na resposta cruzeirense, Leandro Damião ganhou da defesa e por pouco não fez o primeiro gol da partida. O Cruzeiro passou a se arriscar mais durante a primeira etapa e a criar as melhores chances de gol da partida.

Aos 42, Willian cobrou falta e levou perigo para a meta de Rogério Ceni, que conseguiu fazer a defesa. O São Paulo procurou a pressão nos minutos finais da primeira etapa, mas sem efetivamente tentar o chute a gol.

No começo do segundo tempo, Marquinhos arriscou o chute e ameaçou a meta são-paulina. O Cruzeiro seguiu pressionando e aos nove minutos, após jogada pela direita, Leandro Damião abriu o placar para o time mineiro.

Marquinhos, aos 15 minutos, quase fez o segundo do Cruzeiro, com Rogério Ceni fazendo a defesa. O São Paulo tentava pressionar, mas cedia espaços para o Cruzeiro responder em jogadas de velocidade.
 
Luís Fabiano tentou marcar o gol de empate aos 28 e a bola passou perto da meta de Fábio. O São Paulo jogava no contra-ataque e pressionava em busca do gol.

Os dois times insistiram, mas não conseguiram chegar ao gol. O resultado, somado com o 1 a 0 do São Paulo no jogo de ida, levou o jogo para os pênaltis. Nas penalidades, o Cruzeiro venceu por 4 a 3 e se classificou para as quartas de final.

O Cruzeiro enfrentará nas quartas de final o vencedor do Superclásico Argentino, entre Boca Juniors e River Plate.