FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Espírito Santo : Mulher é presa na Serra acusada de queimar a mão do próprio neto de 4 anos

De acordo com a polícia, o motivo da violência foi porque a criança estaria com fome e teria mexido no leite do irmão mais novo, de 6 meses, para poder tomar

Mãos da criança ficaram com diversas queimaduras de segundo e terceiro graus
Foto: Divulgação

Uma mulher de 56 anos foi presa, na manhã desta segunda-feira (31), naSerra, acusada de torturar o neto, de apenas 4 anos, queimando a mão dele. De acordo com a polícia, o motivo da violência foi porque a criança estaria com fome e teria mexido no leite do irmão mais novo, de 6 meses, para poder tomar.

Para repreender o comportamento do neto, a acusada teria colocado as mãos dele no fogo. O menino teve queimaduras de segundo e terceiro graus e ficou com bolhas em todos os dedos e também na palma da mão.

Para esconder as queimaduras e evitar retaliações por parte dos vizinhos, a mulher cobriu as mãos do menino com luvas. A Polícia Civil só foi informada sobre o crime cinco dias após ele ter acontecido, por meio de uma denúncia anônima.

De acordo com o delegado Lorenzo Pazoline, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), responsável pelo caso, o menino demorou três dias para falar que havia sido torturado pela própria avó, pois estava em estado de choque. 

A acusada negou ter queimado o neto. Ela disse apenas que procurava "corrigi-lo, para o bem dele". No entanto, de acordo com o delegado, também há relatos de agressões da mulher aos outros dois netos que vivem com ela. A suspeita foi encaminhada ao presídio feminino e poderá pegar até oito anos de prisão, por crime de tortura.

TV Vitória