FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Terremoto de 8,4 graus atinge costa do Chile e provoca tsunami

Tremor é sentido até em Buenos Aires e São Paulo; autoridades pedem que população saia de regiões costeiras

População sai às pressas de Valparaíso após terremoto - RODRIGO GARRIDO / REUTERS

SANTIAGO - Um terremoto de 8,4 graus na escala Richter atingiu a costa do Chile perto de Illapel, segundo o Serviço Geológico dos EUA, afetando várias regiões do país. Foi emitido um alerta para tsunamis em toda a costa do país, onde ondas já invadiram cidades, e também em outros países no Pacífico. Pelo menos 15 réplicas de tremores foram registradas, uma delas de 7,6 graus. Resquícios foram sentidos também em São Paulo.

O sismo teve seu epicentro por volta das 20h a 54 quilômetros de Illapel, já no continente, e ocorreu a 25km de profundidade — a pouco mais de 230 km de Santiago. Na cidade, uma mulher foi declarada morta e pelo menos 12 feridas após desabamentos, segundo o prefeito Dénis Cortés.

De acordo com serviços de emergência, o terremoto atingiu principalmente as zonas Metropolitana e de Maule. O Chile pediu que toda a população perto da região do sismo vá para longe da costa, e milhares foram retirados em regiões próximas. Sirenes de alerta foram soadas em grandes cidades costeiras, como Valparaíso.

Sismo foi sentido com muita força em áreas a centenas de quilômetros - O Globo / Editoria de arte

Ondas de tsunamis começaram a ser registradas em áreas como Iquique e La Serena, onde chegaram a 4,5 metros acima do nível usual do mar em Coquimbó, segundo o serviço de monitoramento americano.

Peru, Equador e ilhas do Pacífico também devem ser atingidas por fortes ondas, que devem ter resquícios até no Havaí, na Nova Zelândia e no Japão.

Serviços de emergência afirmaram que há cortes de luz e no sinal de celulares em algumas regiões, além de riscos de desabamentos. Foram registrados saques em Illapel e Coquimbó, segundo testemunhas.

Na capital, os serviços de metrô e o aeroporto internacional tiveram suas operações suspensas brevemente, mas foram retomados antes das 22h (de Brasília).

A redação do "El Mercurio", na capital chilena, registrou os tremores. O jornal local, parte do Grupo de Diarios América, também compilou várias imagens do sismo capturada por usuários.

REFLEXOS NOS PAÍSES VIZINHOS

Usuários nas redes sociais relataram fortes tremores também em territórios argentinos. Alguns afirmaram até ter sentido fortes reflexos também em Buenos Aires, e com resquícios até em São Paulo. No interior de São Paulo, bombeiros foram acionados para atender a emergências por rachaduras provocadas após tremores.