FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Em Quixeramobim, argentino faz malabarismo e tenta ganhar dinheiro para voltar a seu país

Ignácio foi levado para a Delegacia Civil de Quixeramobim. Segundo informações repassadas, ele seria encaminhado a Fortaleza.

Nos últimos dias a notícia de que um Argentino está desaparecido no Ceará vem chamando a atenção das autoridades do estado. Em Quixeramobim, um conterrâneo de Maradona se encontra a mais de uma semana pelas ruas da cidade. Segundo o mesmo, seu nome é Ignácio Santiago Palácio, 32 anos. Em conversa com a nossa reportagem ele disse que veio durante a Copa do Mundo, para o Brasil e foi assaltado no Rio de Janeiro, onde levaram todos os seus documentos. Depois do ocorrido ele resolveu sair andando pelo país e parou no Ceará.

Com uma caixa contendo objetos de circo, Ignácio faz malabarismo e apresentações com um violão para conseguir dinheiro. “Já passei por Fortaleza, Jericoacoara, Quixadá, e várias outras cidades. Com essa minha arte vou ganhando um dinheirinho que dá para comprar algumas passagens e comida”. Ignácio disse que onde passa é levado para a delegacia devido acharem que ele é Leonardo Ludicello, que está desaparecido há 2 meses no Ceará. “Aonde eu chego me confundem com esse meu conterrâneo que está desaparecido, eu só quero trabalhar e ganhar um dinheirinho para comprar uma passagem e voltar a Buenos Aires, quando descobrem que não sou ele, me liberam, mas deveriam mandar pelo menos me levarem para casa”, completou sorrindo e brincando.

No começo da tarde desta terça-feira, 06, Ignácio foi levado para a Delegacia Civil de Quixeramobim. Segundo informações repassadas, ele seria encaminhado a Fortaleza e entregue as autoridades, para o retorno a Buenos Aires. “Eu gostei muito de Quixeramobim, o povo é muito bom, e todos sempre quiseram me ajudar”, comentou Ignácio que disse que em breve voltará para passear na terra de Antônio Conselheiro.

Com informações do site O Sertão é Notícia!