FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Moradores de Jaguaribara tentam ocupar a válvula do açude Castanhão

Policiais do COTAM portando armas e spray de pimenta estavam no local impedindo o avanço dos manifestantes


Policiais do COTAM portando armas e spray de pimenta estão no local impedindo o avanço dos manifestantes ( Foto: Ellen Freitas )

Os manifestantes encerraram o protesto por volta das 10h30, após oprefeito Francini Guedes entrar em contato com o Governo do Estado e conseguir agendar uma reunião para esta sexta-feira (23), por volta das 9 horas, entre representantes dos moradores de Jaguaribara e o titular da Secretaria de Relações Institucionais do Estado, Nelson Martins

Mais cedo, cerca de 100 moradores do município de Jaguaribara, distante a 270 km de Fortaleza, tentam ocupar a válvula do açude Castanhão quelibera água para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A ação é em resposta as reivindicaçõesfeitas junto ao Governo do Estado e que não foram atendidas.

>Menor nível dos açudes em 21 anos

Policiais do COTAM portando armas e spray de pimenta estão no localimpedindo o avanço dos manifestantes, que cobram a presença de autoridades do Governo para negociação.
 

Dentre as principais reivindicações estão a conclusão do projeto irrigado do Mandacaru, a ampliação da adutora do Projeto Curupati, adutora para as localidades no entorno do Mineiro e a manutenção de projetos suspensos pelo Governo para agricultura e piscicultura. A ação foi articulada nesta última semana com o intuito de fechar a válvula e impedir que a água siga para o Eixão e Rio Jaguaribe.

Durante a ação houve bate-boca entre os policiais e os manifestantes, que justificam ser uma manifestação pacífica. “Desde que fomos colocados aqui em 2004 o Governo do Estado não cumpriu com tudo o que foi prometido pra nós. Fomos retirados da nossa terra e estamos passando necessidades. Queremos uma resposta urgente do Governo”, disse o agricultor Daniel Linhares.

O prefeito Francini Guedes também esta no local buscando acesso a sede da Gerência da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (COGERH) no açude, onde deverão ser realizadas as negociações. 

O município de Jaguaribara foi inaugurado em 2001. A velha cidade foi desocupada para dar lugar onde hoje é o Açude Castanhão.

Policiais do COTAM portando armas e spray de pimenta impediram o avanço dos manifestantes ao local

DN