FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Dançarina cearense é encontrada morta em seu apartamento em São Paulo

Uma dançarina cearense foi encontrada morta na manhã desta quarta-feira (4), no apartamento em que morava, em São Paulo. Ana Carolina de Souza Vieira, que tinha 30 anos, participou recentemente de um concurso de dança da TV Globo, para ser dançarina do programa do Faustão.

A Polícia Civil paulista prendeu o ex-namorado Anderson Rodrigues Leitão, suspeito do crime. Os zeladores do prédio sentiram um cheiro forte vindo do 5º andar, e foram até o apartamento verificar o que estava acontecendo. Ao chegar, tocaram a campainha, mas ninguém atendeu. Eles perceberam que a porta estava destravada, entraram e encontraram o corpo na cama do quarto.

Na cena do crime, as janelas estavam fechadas, havia um ventilador ligado e muitos incensos acesos. A polícia diz que o corpo tinha sinais de violência. A dançarina teria morrido há pelo menos três dias.

Um dos zeladores disse à polícia que o ex-namorado da vítima havia deixado o prédio por volta das 10h20 desta quarta-feira (11).

Namorado é suspeito

A Polícia Civil diz que ele é o suspeito da morte porque os dois tinham terminado o relacionamento há pouco tempo, e Ana Carolina havia pedido ao porteiro do prédio que não autorizasse o homem a entrar no edifício. Na última segunda-feira (2), no entanto, ela permitiu que o ex-namorado subisse após ele insistir.

Concurso global

Ana Carolina Vieira era formada em administração e representou Fortaleza em um concurso para ser a nova bailarina do programa. A paixão pela dança veio cedo, desde a infância. Na escola, ela fez jazz e balé.

Na adolescência aperfeiçoou a técnica e tornou-se dançarina profissional, tendo a banda Aviões do Forró como pontapé inicial. “Quando eu era mais nova, tive a oportunidade de dançar profissionalmente no Aviões. Foi ainda no começo da banda”, comentou em entrevista ao Tribuna do Ceará, no dia 14 de junho de 2015. Desde junho, Ana Carolina morava em São Paulo.