FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Filho não paga pensão alimentícia e idosa de 80 anos é presa em Quixada-CE





idosa_80_anos


A idosa que vive de um salário mínimo, também não tem condições de pagar o valor devido, para ser liberada pela “justiça”.

O Brasil é um país movido pela injustiça, mas o caso que se destaca é de revoltar qualquer cidadão de bem. Uma senhora no auge de seus 80 anos de idade, residente na cidade de Quixadá, não esperava que poderia um dia ser presa, pois, sempre foi uma pessoa com reputação ilibada e principalmente honesta. 

Doente, debilitada e principalmente pobre, simplesmente encontra-se recolhida na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá. A aposentada teve a sua prisão decretada, tendo em vista que o seu filho não pagou pensão alimentícia. O pai do menor foi embora para o Estado de São Paulo e desapareceu, deixando de pagar a pensão. 

Segundo informações, nessa terça-feira, 24, policiais militares de Acopiara estiveram cumprindo um mandado de prisão civil, em desfavor de um homem, mas como está foragido, a ordem foi prender a avô do menor.  Alguns policiais se emocionaram com a situação da anciã. A ordem de prisão partiu do juízo da comarca de Acopiara. 

A idosa de 80 anos está impossibilitada de andar porque está com fratura na bacia, necessitando assim, de cuidados especiais. Ela chora demais e implora para ir para a sua residência. 

Quando o pai ou a mãe da criança não tem como pagar a pensão, a lei determina que a Justiça transfira a responsabilidade para parentes próximos, normalmente, os avós. Se eles também não puderem, qualquer outra pessoa da família deve pagar a pensão.

Serviço:
9º Batalhão da Polícia Militar em Quixadá
Rua Tenente Cravo - Campo Velho
Telefone: (88) 3445-1042 / 190
Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá
Rua Presidente Vargas - Campo Novo
Tel. (88) 3445-1047



FONTE: REVISTA SERTÃO CENTRAL