FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

PRESIDENTA DA CÂMARA DE PEREIRO-CE DIZ QUE PREFEITO NÃO POSSUI PLANEJAMENTO E FAZ GASTOS EXORBITANTES







                            Conforme a Presidenta da Câmara Municipal de Pereiro/CE, acompanhada dos Vereadores Naldo da Lagoa Nova, Edvan do Sertão, Laércio Miroso, Paulo de Mundinho, Franci Estevam, Regina Célia e Joana Darc, ouseja, 08 vereadores dos 11 que compõe aquela casa, o prefeito de Pereiro vem realizando gastos exorbitantes em setores que antes tinham gastos ínfimos junto ao Poder Municipal, segundo os vereadores, os gastos beiram R$ 1.500.000,00 (hum milhão e meio) só com combustíveis, o que no governo anterior era de por volta de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) o que chama a atenção daquela casa legislativa.

Ainda, o Município de Pereiro mesmo possuindo 27 ônibus escolares, conforme asseveram os vereadores, ainda gasta quase dois milhões de reais com fretes e locações.


Conforme os parlamentares, os gastos exorbitantes resultaram que o Prefeito ultrapassou os limites previstos na Lei Orçamentária Anual votada em 2014, na qual a Câmara aprovou a quantia de R$ 37.700.000,00 (trinta e sete milhões e setecentos) e mais ainda concedeu um crédito suplementar de 20%, pelo que, afirmam os parlamentares o Prefeito já gastou a quantia de R$ 45.240.000,00 ( quarenta e cinco milhões e duzentos e quarenta mil reais) até o presente momento no Município, porém, os parlamentares dizem que não sabem onde, vez que o município encontra-se uma lástima.  Questionam os parlamentares, para aonde foram os R$ 45.240.000,00 (quarenta e cinco milhões e duzentos e quarenta mil reais) aprovados? Asseveram não saber.


E neste dia 06 de novembro, tentando imbuir os servidores de medo e tentar tirar a culpa de uma má gestão, como diz o vereador José Francinaldo Filho, o Prefeito mandou para a casa um pedido de crédito suplementar, ameaçando não pagar o décimo terceiro dos funcionários, caso não seja aprovado.

No entanto, conforme diz a Presidenta da Casa, a Câmara de Vereadores deve aprovar sim, pois entendem que os servidores não tem culpa dos desmandos do prefeito, mas queriam que o gestor explicasse o que foi feito com tanto dinheiro e o município não cresce e encontra-se paralisado, o povo sem água, comércios fechando um verdadeiro caos administrativo, conclui a Presidenta daquele Poder.



Fonte:

Câmara Municipal de Pereiro