FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Seis cidades do CE se destacam em ranking nacional de Desenvolvimento Econômico, Russas foi a Única do Vale do Jaguaribe

A análise foi produzida a partir de dados de 348 cidades com população entre 50.000 e 100.000 habitantes, enquadradas no conceito de "média-pequena".



 


O ranking das 50 pequenas cidades brasileiras que apresentam melhor desenvolvimento econômico apresenta os municípios de Camocim (10ª), Eusébio (19ª), Trairi (21ª), Aquiraz (40ª), Barbalha (44ª), e Russas (45ª), como as cinco cidades cearenses a pontuarem na pesquisa, que as aponta como "as melhores cidades do Brasil para fazer negócios". O estudo foi produzido pela consultoria Urban Systems, empresa especializada em análise de dados demográficos em mapas digitais para dimensionamento e levantamento de tendências em mercados e cidades. Paulínea, em São Paulo, ficou em primeiro lugar.

A análise foi produzida a partir de dados de 348 cidades com população entre 50.000 e 100.000 habitantes, enquadradas no conceito de "média-pequena". Municípios desse porte, segundo os dados da empresa, são responsáveis por 10% de tudo o que é produzido no País, além de concentrarem 11% das empresas e 12% da população.

Ter proximidade com grandes municípios ou regiões metropolitanas tem contribuído para o perfil parecido dessas cidades, no que se refere ao grau de desenvolvimento, aponta a pesquisa, que atribuiu, ainda, a esses resultados positivos, a existência de chamadas "âncoras de desenvolvimento", ou seja, um setor econômico já bastante desenvolvido, que serve como base para a expansão de outros setores e para a população em geral, diversificando as oportunidades e criando novas estratégias de reação aos momentos de crise.

Camocim

Afora, as cidades localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza, o grande destaque foi Camocim. Ocupando a 10ª posição. A cidade, com cerca de 61.900 habitantes (IBGE-2013), tem no turismo um forte atrativo no que se refere à geração de renda. O Município faz parte da Rota das Emoções, passeio de ecoturismo que liga os Estados do Ceará, Piauí e Maranhão e figura entre os municípios desse itinerário que oferecem mais opções ao turismo de aventura e esportes ao ar livre.

Também posição destacada foi a do Município de Trairi, com seus 37 quilômetros de litoral. O setor hoteleiro é um dos mais aquecidos do Município com cerca de 54 mil habitantes, que também recebe turistas o ano inteiro, com maior ênfase entre os meses de outubro e fevereiro.

Outra cidade bem pontuada foi Barbalha, que configura na lista dos de maior atrativo econômico em cidades com menos de 100 mil habitantes, na 44ª posição. Mas um dado importante chama atenção quando se fala em vocação. Barbalha possui forte apelo para a prestação de serviços relacionados à saúde. É o que aponta o levantamento feito pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município.

Fonte: Diário do Nordeste