FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Velser Araújo questiona Mazé Torquato após denúncia de possível fraude na merenda Escolar de Russas


É fato os comentários na boca do povo de Russas sobre a postura de arrogância e prepotência dos atuais governantes da cidade, atribuindo em foco maior, a Primeira Dama de Russas, Mazé Torquato. Alguns de seus irmãos e colaboradores mostra a “plebe” Russana, que é quem manda na cidade, sendo uma realidade incontestável até mesmo para os aliados da gestão. Essa forma de agir, atinge de colaboradores fiéis e até mesmo a familiares do prefeito Weber Araújo. Esse fato, veio à tona nos últimos dias, através de declarações públicas do irmão do prefeito, senhor Velser Araújo, que é mais um a ser perseguido pela postura ditatorial dos Torquato em Russas.

Não é segredo para ninguém, que o senhor Velser Araújo, irmão e colaborador do Prefeito de Russas, Raimundo Weber Araújo, há algum tempo vinha se desentendendo com a Primeira Dama, senhora Mazé Torquato, que as rugas já aconteciam desde as duas primeiras gestões, o que se tornou insuportável para ele, em 2015 quando o mesmo procurou a Primeira Dama para cobrar explicações a respeito da possível fraude na compra da merenda escolar.

A família Araújo em Russas se orgulha de ter na árvore genealógica uma galeria com 11 ex-prefeitos, que nunca tiveram os nomes manchados por suspeita de corrupção, deixando o irmão do prefeito revoltado, pelo fato da administração ser influenciada diretamente pelos Torquato, deixando que a ilibada conduta seja manchada, visto que a merenda escolar está sendo investigada pela justiça, o que mancha o nome da cidade e a honra da família Araújo.

Velser observou que na cidade de Russas, as pessoas lhes chateiam, perguntando se o Cristiano Torquato dividiu com ele o dinheiro da merenda, mas tem respondido, que mesmo sendo irmão do prefeito e colaborador da administração, nunca participou das reuniões de estratégias administrativas, por imposição da Primeira Dama. Velser argumenta aos quatro ventos da cidade, que aos 64 anos, até hoje nunca tomou parte em maracutaia, nem se rebaixa a desacato de ninguém, já tendo dito a Dona Mazé que seu pescoço é grosso e não cabe a coleira que ela quer botar nele.

Por esse motivo Velser perdeu espaço na secretaria de obras do município para o sobrinho Ricardo Weber (filho do prefeito). Mesmo esse vivendo mais fora de Russas, que próximo das obras que deveria fiscalizar ou dos problemas que deveria tomar conhecimento e buscar solução.

Sendo ele cidadão nascido em Russas, onde foi batizado, crismado, frequentou a primeira escola, fez primeira comunhão e mantém um laço de amizade com as principais famílias da cidade, além de pertencer a uma família de 11 ex-prefeitos de nome limpo, ele afirma que não irá se esconder de uma família vinda de fora escandalizar seu povo e sua cidade, pois cidadão Russano que tem compromisso com a cidade é ele.
Velser demostra não querer briga com o irmão e prefeito, e nem criticar a administração, mas ele já está buscando novos caminhos na política local e está abrindo conversa com Liro Paz Rebouças e Miltomar Bezerra, e ressaltou que o diálogo com Liro é uma preliminar, pois ainda não tem um destino certo na política Russana.

Velser negou que tenha tido qualquer conversa com o ex-prefeito Raimundinho e muito menos com Adail Carneiro, fato que não é descartado, pois o mesmo garante que pode conversar com qualquer cidadão de Russas em qualquer lugar independente de sua preferência política.
Em seu desabafo a redação da Tv Jaguar, Velser foi enfático de que desde a primeira administração do Weber as decisões eram da Mazé e agora se soma aos ditames dos desejos do Cristiano Torquato.


 Tv Jaguar