FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Em Morada Nova fiéis são impedidos de velar seus mortos na capela do DNOCS





A igreja católica desde a sua concepção vem sendo questionada por adotar medidas arbitrárias que degeneram os preceitos cristãos, qual a função social da igreja? Em sua liturgia sugere que as almas dos fiéis continuam contribuindo financeiramente através de seus familiares toda vez que paga uma intenção, uma missa de sétimo dia, etc. Como entender a decisão do pároco da terra do Vaqueiro? A construção da capela do bairro Irapuã Nobre (DNOCS), contou com o esforço e dedicação dos obreiros que através de doações e promoções ergueram a referida capela.

 Entendendo que aquele espaço serviria para acolher os cristãos sem acepção em qualquer circunstância de suas vidas, ledo engano, a frustração e o sentimento de que foi excomungado é o que resta no íntimo dos devotos de Nossa Senhora da Sagrada Família, no acampamento do DNOCS.  
 A cultura de velar seus entes queridos em capelas remonta os primórdios episcopais, portanto a decisão abrupta do vigário Mota em não aceitar acolher familiares a amigos sob o teto de Deus. Nesse momento de profunda comoção e dor, essa atitude do padre, é no mínimo um ato desumano e anticristão, afirmou um cristão do movimento Encontro de Casais em Cristo – ECC.
Até onde vai a sua fé e até onde vai o compromisso da sua igreja com você e seus familiares? Tenho dito

Por: Marfreitas

Postado: Tv Jaguar