FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

terça-feira, 1 de março de 2016

Descaso: Em Morada Nova omissão do gestor mobiliza população na recuperação de estradas



Um inusitado fenômeno social que vem acontecendo na terra do Vaqueiro, está ganhando destaque na imprensa, pessoas de várias comunidades estão se organizando em uma espécie de mutirão para recuperar as estradas de acesso à suas respectivas localidades, o que diriam os sociólogos se fossem provocados a emitir sua opinião, a cerca disso?  Possivelmente seja esse fato, reflexo da ausente gestão pública instalada em Morada Nova, levando assim, as comunidades a se mobilizarem através de sorteios e rifas para angariar fundos e recuperar as referidas vias, evitando o isolamento de suas famílias com a sede municipal.
  
Estaria o povo migrando do senso comum e se tornando mais politizado, capaz de aflorar sua criticidade? Será que nesse exercício de cidadania o tornará (povo/eleitor), mais criterioso no dia 02/10/2016, onde estarão novamente escolhendo os seus representantes para a função de vereador e prefeito? “Com o início da quadra invernosa as estradas estão ficando intransitáveis. Como quase todas as comunidades são esquecidas pelos políticos e somente lembradas em épocas de eleições, Morada Nova não é diferente, e principalmente a população do interior é a que mais sofre com o desmando administrativo”.
“Esse é o motivo que está levando a associação comunitária de Sítio Melões e Adjacências (Tapera, Volta, Porções e Cacodé), realizar um sorteio para recuperar trechos intransitáveis, tendo em vista que a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEINFRA), não se move para recuperação das estradas das referidas comunidades desde o ano de 2011, enquanto a sociedade moradanovense sofre com o descaso público, provocado pela atual administração, algumas pessoas estão acordando, saindo da hibernação e passando a se unir depois de intermináveis longos anos abandonados”.
Outras comunidades sofrem com o abandono da atual gestão, por exemplo, a comunidade de Felipa de Cima, realizou o sorteio de um garrote doado por um fazendeiro, com o dinheiro foi construída uma passagem molhada na localidade de Recanto dos Preás, amenizando assim, um problema histórico. Vários políticos já se elegeram prometendo fazer a referida passagem molhada, esse ano terão que arranjar outra desculpa para enganar o povo, disse um morador.  
Onde Está o Prefeito? Por onde anda os vereadores que passaram em 2012 conquistando o voto do eleitor?   Cadê a SEINFRA?  E as máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2)? Enquanto não vêm as respostas e a população não despertar, continuarão sofrendo com o abandono.


Por: Marfreitas e Lucas Chaves

Postado: Tv Jaguar