FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Alto Santo cresce com segmento de confecções



Polo verifica expansão no município, além de estimular a implantação de fábricas para atender a demanda regional


undefined
Entrada da cidade de Alto Santo 
Blusas, saias, modinhas em geral, peças que compõe o guarda-roupa feminino são produtos que contribuem para o aumento das vendas no município de Alto Santo, na região do Baixo Jaguaribe. A cidade, situada no Vale do Jaguaribe, possui aproximadamente 60 lojas de confecção, além de fábricas que produzem material para o Nordeste e Sudeste.
O polo da confecção é o que movimenta a economia da cidade, tornando-se a maior geração de emprego e renda do município. O comerciante José Joilson desfruta de um trabalho produzido há dez anos, o resultado é a fabricação de 60 mil peças por mês, uma renda mensal em torno de R$ 300 mil.
"As vendas são regulares durante todo o ano, as modinhas estão sempre em alta", revela o comerciante. Joilson morava em São Paulo, mas preferiu mudar-se com a família para o Ceará, pois acreditava que as vendas no Nordeste seriam mais favoráveis. "Hoje nós fabricamos para o interior de São Paulo. Lá tudo é novidade e o que as revendedoras gostam mais é o preço que a gente oferece", comenta.
Já o comerciante Joeni Holanda preferiu em São Paulo, mas toda a renda da família sai das mãos dos 400 funcionários que trabalham na fábrica em Alto Santo. O estabelecimento situado no centro do município produz 10 mil camisetas por dia. O comerciante ressalta que a compra das malhas é feita em São Paulo, mas toda a mão de obra é no interior do Ceará.
Inauguração
Para desenvolver ainda mais o comércio da região, foi instalada em junho deste ano uma sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A inauguração contou com a presença do superintendente da Federação da Câmara, Francimir Chaves. A ideia da entidade local é reunir cerca de 50 associados. "Nós já estamos contando com 25 empresas e, até o final do mês de julho, fecharemos a nossa meta. O processo de cadastro está sendo realizado com os associados", ressaltou o presidente da CDL de Alto Santo, Juvenal Odail Rabelo.
Destaque
O presidente da instituição acredita que a instalação desta nova sede no interior do Ceará aumentará os índices da economia do Estado, tornando-se um dos destaques do Nordeste.
"Alto Santo já se destaca por apresentar um polo de confecção muito forte, agora trabalharemos ações para desenvolver o setor. Queremos ser os primeiros nas estatísticas positivas do comércio no Ceará", revela.
Entre as ações realizadas pela CDL de Alto Santo, estão cursos de qualificação do profissional, com workshops e treinamentos. Todas as atividades têm como intuito atender a demanda dos associados. "A entidade vem fortalecer a representatividade da classe empresarial, assim as ações terão como objetivo ampliar e fidelizar o quadro de associados", ressalta o Presidente.

Conteúdo Diário do Nordeste