FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 6 de julho de 2016

CONHEÇA LUIZ MOURA; UMA GRANDE LIDERANÇA EM ERERÊ-CE


Luiz Gonzaga Pessoa, nascido no Sítio Catolé, zona rural do município de Ererê, nasceu no dia 23 de Abril de 1953, fruto do matrimônio do agropecuarista o Sr. Francisco Pessoa de Moura e da Sra. Lúcia Pessoa de Moura, ambos já falecidos.
Popularmente conhecido como Luiz Moura, foi alfabetizado na mesma localidade em que residia pela Professora Jesuína Pereira de Lucena, carinhosamente chamada de Dona Giza, também já falecida.
LUIZ MOURA

Depois de alfabetizado, teve a grande oportunidade de iniciar oficialmente seus estudos junto a Escola de 1º Grau Senador Fernandes Távora, chegando a concluir o primário no ano de 1964, com 11 de idade, digo grande oportunidade, por que nesta época, o sistema educacional, era muito precário e ainda mais por se tratar de um pequeno distrito como Ereré.
O Ginásio tornou-se, ainda mais difícil de concluir, pois o Colégio Antonio Lopes de Queiroz, por se tratar de uma escola da Campanha Nacional das Escolas da comunidade – CNEC, cobrava-se mensalidades, aumentando mais ainda o grau de dificuldade para sua permanência na mesma, que se iniciou em 1968, concluindo no ano de 1971, aos 18 anos de idade.
Com 19 anos de idade, com o Ginasial concluído, Luiz Moura desloca-se da sua terra natal com destino a Fortaleza, capital do Estado em busca de melhores oportunidades, lá chegando, tratou logo em dar continuidade aos seus estudos, iniciando o ensino de 2º Grau, em 1972 concluindo em 1974, junto ao Colégio São José na cidade de Fortaleza.
ERERÊ-CE

Com o 2º Grau completo, Luiz Moura iniciava em 1974, sua vida profissional, trabalhando como funcionário no setor comercial da loja Ocapana, na cidade de Fortaleza, permanecendo neste estabelecimento comercial até o ano de 1976.
Aproveitando a experiência adquirida nos dois anos em que trabalhou nas lojas Ocapana, em 1977 Luiz Moura tornou-se, trabalhador autônomo, investindo no comércio crediarista, atividade comercial na qual se manteve até o ano de 1980.
No mês de Julho deste mesmo ano, contraiu matrimônio com a jovem Iolanda Cordeiro da Silva e em Julho do ano de 1981, retorna a sua terra natal acompanhado de sua esposa, com a qual tiveram três filhos: Thatyana Cordeiro da Silva Pessoa; Thyciane Cordeiro da Silva Pessoa e Guilherme Henrique Cordeiro da Silva Pessoa.
Mantendo residência nesta cidade, Luiz Moura, continuou investindo nas atividades comerciais, agora no ramo de atacado e varejo, onde permaneceu até o ano de 1987.
Seu ingresso na política, ocorreu a partir de sua luta e da sua colaboração em benefício da emancipação de Ererê em 1985.
Com participação ativa em todas as manifestações comunitárias e políticas desse município, Luiz Moura destacou-se muito rapidamente como um dos principais políticos deste município, sendo então um dos fortes candidatos a concorrer ao cargo de prefeito na primeira eleição deste município.
Com a sua popularidade admirada pelos erereenses, e com o apoio de fortes políticos deste município, como: José Pessoa de Queiroz Moura (Zé Moura) seu irmão, José Romilton Cavalcante (Zé Romilton), José Guerra Lira (Zé Lira) e principalmente, com o total apoio de sua família, Luiz Moura, foi lançado como candidato a prefeito do muncípio de Ererê.
Em 1988, oficializadas as candidaturas a prefeito, vice prefeito e vereadores, dava-se inicio a uma grande batalha no campo da política municipal.
Tendo em sua chapa, Luiz Moura como prefeito e Zé Lira como vice prefeito pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, tinham como opositores a chapa do Partido da Frente Liberal – PFL, composta pelo Sr. José Pessoa de Queiroz (Zé Pessoa), como prefeito e o Sr. Raimundo Aquino de Sousa, carinhosamente chamado de Raimundão.
No dia 15 de Novembro de 1988, a chapa de Luiz Moura, sagrou-se vencedora do pleito eleitoral, sendo depositado em seu nome 1.169 votos, contra 1.076 votos da chapa adversária e com a diferença de 93 votos, Luiz Moura entrava para História deste município, como o primeiro prefeito eleito no município de Ererê.
Em 1º de Janeiro de 1989, empossado juntamente com seu vice prefeito e os nove vereadores eleitos, permaneceram no comando desta cidade, até o dia 31 de Dezembro de 1992.
Atualmente, reside nesta cidade, sendo um latifundiário bem sucedido, ainda continua sendo um dos políticos mais populares desta terra, sendo também ainda, o ícone maior do seu grupo político.