FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Com cartaz colado no carro, recém-habilitada pede paciência no trânsito


Quem dirige, sabe como é difícil contar com a gentileza dos demais motoristas no trânsito brasileiro. Se você faz isso a pouco tempo, então, sofre ainda mais com a impaciência dos demais. Para lidar com esta situação e conseguir ir de casa à escola do filho de dois anos, a gaúcha Débora Corrêa colocou um aviso na traseira do carro, tomou coragem e foi às ruas. O recado dizia ‘Recém-habilitada. Agradeço a paciência’.

post-feature-image A administradora tirou a carteira há sete meses, apesar de uma primeira tentativa há dez anos na cidade-natal. Hoje, morando em Curitiba, disse ter sentido necessidade de aprender a dirigir quando deu à luz Guilherme e buscava maior independência.

Nessa segunda (6), diante da necessidade de ir buscar o pequeno Guilherme na escola e com o marido viajando, pegou o carro. “Pensei em chamar um Uber. Pensei em pegar o ônibus. Rezei. Senti dor de barriga. Peguei a chave do carro e fui”, disse em uma postagem no Facebook.

Resultado
Por sorte, Débora não teve uma experiência traumática como a maioria dos motoristas que vão às ruas pela primeira vez. “Colei meu cartaz no carro e fui, feliz e segura. Sabe o que me admirou? A quantidade de pessoas que passavam por mim e abriam o vidro, mandando um sinal de positivo e batendo palmas. A quem me deu apoio no trânsito, meu muito obrigada”, finalizou.


FONTE: MASSAPE CEARA