FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Balanço parcial: violência no feriadão da Semana Santa deixa 54 mortos no Ceará




Entre quinta-feira e o domingo, as autoridades registraram 44 casos de homicídios e mais 10 mortes em acidentes de trânsito nas estradas cearenses 



Soldado Nunes, do Raio, está entre as vítimas da violência do feriadão da Semana Santa


O balanço parcial das ocorrências policiais registradas no fim de semana prolongado da Semana Santa, em todo o Ceará, revela que, ao menos, 54 pessoas tiveram morte violenta em todo o estado, sendo 44 assassinatos e 10 óbitos em acidentes de trânsito. A região com maior taxa de óbitos foi a Capital, com 20 pessoas vítimas de homicídios entre a última quinta-feira (13) e a noite do Domingo de Páscoa (16).

Em Fortaleza, os 20 assassinatos ocorreram  os seguintes bairros: Montese (3 casos), Autran Nunes (3 casos), Ancuri (2 casos), Bom Jardim, Quintino Cunha, Itaperi, Aerolândia, Conjunto Palmeiras, Praia do Futuro, Messejana, Passaré, Pici, Barra do Ceará, Genibaú e Jangurussu.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram registrados oito assassinatos nos seguintes Municípios:  Caucaia (3 casos), Maranguape (2 casos), Pacajus, Horizonte e Maracanaú.
No Interior Norte do Estado, ao menos, seis pessoas foram assassinadas no período. Os crimes ocorreram nos Municípios de Crateús,  Capistrano, Pentecoste, Novo Oriente (latrocínio)  e Sobral com dois homicídios (em um deles, um detento foi morto dentro da cadeia pública).
No Interior Sul, foram registrados 10 assassinatos no seguintes Municípios: Russas (4 mortos), Juazeiro do Norte, Aracati, Saboeiro, Brejo Santo, Crato e Morada Nova.

Acidentes
Ao menos, 10 pessoas morreram em acidentes de trânsito durante o fim de semana prolongado da Semana Santa em todo o Estado. Os óbitos ocorreram em Tauá, Milagres, Salitre, Quixadá, Porteiras, Juazeiro do Norte, Caucaia, Horizonte, Missão Velha e Aurora.

Mortes em Russas
Cinco pessoas morreram em conseqüência de um tiroteio entre policiais militares e um grupo de bandidos dentro de um clube de forró na localidade de Capim Grosso, em Russas (a 163Km de Fortaleza), na madrugada do domingo de Páscoa (16).

O soldado PM Menandro Cavalcante Nunes, destacado no Batalhão Raio, foi baleado e morto, enquanto seu colega, soldado Alexandre, ficou ferido com um tiro de raspão na cabeça. Os dois trocaram tiros com sete bandidos e dois deles também morreram.
Além das três pessoas mortas nas dependências do clube, outra faleceu  depois de ser atendida no Hospital de Russas e transferida para o  IJF-Centro, sendo identificada como Deyvid Aless Romão da Silva, atingido por uma bala perdida.

Já na cidade de Morada Nova (a 163Km da Capital), durante um cerco policial aos demais bandidos que teriam assassinado o PM, em Russas, mais uma  pessoa tombou morta. Era o fugitivo da Justiça, Daniel Amaro da Silva, conhecido por “Daniel do Prourb”.

FONTE: CEARÁ NEWS7