FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O cardiologista Fábio Pitaluga dá dicas importantes para prevenir um infarto



De acordo com Dr. Fábio, o infarto é uma doença cardíaca ocasionada por obstrução de uma artéria ao redor do coração, denominada de coronária. A obstrução total da artéria, proporciona uma necrose (cicatriz) na musculatura, provocando assim, uma diminuição na força de contratividade no músculo cardíaco. Dr. Fábio alerta para alguns sinais que serão considerados importantes para diagnosticar se um paciente está prestes a sofrer um infarto.

O especialista informa que sinais como arrocho no peito, entalo ou sensação de queimação, limitado a esforço físico ou situação de stress, pode indicar que o paciente está entrando em um quadro de pré-infarto, denominado também de angina. A partir da obstrução total da artéria, destaca Pitaluga, o paciente passa a apresentar sintomas mais intensos, como dor pré-cordial com irradiação para o braço, pescoço ou para as costas, além de crises de náuseas, vômitos, palidez, sudorese, podendo dessa forma, desconfiar que o paciente estar infartando.


Para a diagnosticar o problema coronariano, observa o médico, se faz necessário a realização de exames das enzimas cardíacas, conhecidas também como CPK, troponinas, não descartando também a realização de um eletro cardiograma que também poderá contribuir para o diagnóstico pré-liminar. Pacientes com diabetes, colesterol e triglicerídeos alterados, tabagistas, ou com histórico familiar de doença cardíaca prévia, sedentário, com obesidade abdominal e com prática alimentar rica em gorduras, são pacientes pré-dispostos a serem acometidos pelas doenças relacionadas ao coração.
 
Em conformidade com as explanações feitas pelo Dr. Fábio Pitaluga, a melhor forma de se evitar ataques do coração é a prevenção, que segundo ele, deve-se começar cedo. Para os homens, antes dos 40 anos e para as mulheres, antes dos 50 anos, prevenindo-se não só através da realização de exames complementares, mas também com práticas saudáveis que estimulem à melhoria da qualidade de vida. Alimentação saudável, prática de atividades físicas e a não ingestão de bebidas alcoólicas e do uso de fumo são ações que podem ser de fundamental importância para a prevenção do infarto.

Fonte: TV Jaguar/ Nilo Leite