FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Violência no Carnaval deixou 72 mortos no Ceará



Na Rodoviária de Pacajus, um trocador foi morto, a tiros, ainda na sexta-feira de Carnaval
 Morte em Pacajus
O Carnaval terminou com novo número recorde da violência. Nos quatro dias da folia (entre sexta-feira e terça), 67 pessoas foram assassinadas no Ceará, enquanto no Carnaval de 2017 esse número foi 43, o que representou um aumento da ordem de 55,8 por cento de elevação dos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) na comparação entre os dois períodos. Cinco pessoas morreram vítimas de acidentes, o que totaliza 72 mortes violentas no feriadão.
Neste ano, 23 pessoas foram mortas em Fortaleza (contra 12 do ano passado), representando um aumento de 91,6 por cento. Na Região Metropolitana de Fortaleza, esse índice comparativo foi ainda maior. Foram mortas 18 pessoas neste ano, contra apenas sete casos em 2017, um aumento de 157,1 por cento.

No Interior Norte, o aumento dos assassinatos ficou em 18,1 por cento, saltando de 11 mortes em 2017 para 13 neste ano. E na região Interior Sul houve uma pequena queda, sendo registrados 12 homicídios contra 13 do ano do Carnaval do ano passado, diminuição de 7,6 por cento.
Além de Fortaleza, com 23 homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, na Região Metropolitana ocorreram 18 crimes nos seguintes Municípios: Caucaia (6), Maracanaú (4), Pacajus (2), Guaiúba (duplo), além de Horizonte, Itaitinga, Pindoretama e Pacatuba.

No Sertão
No Interior Norte, foram 13 assassinatos nos seguintes Municípios: Chaval (2 casos), Tianguá, Canindé, Acaraú, Paracuru, Miraíma, Jijoca de Jericoacoara, Acaraú, Guaraciaba do Norte, Itatira, Monsenhor Tabosa e Pacoti.
No Interior Sul, a Polícia fez o registro de 13 assassinatos nos seguintes Municípios: Iguatu (2 casos), Tabuleiro do Norte (2), Saboeiro (2 ), Tauá (2), Lavras da Mangabeira, Jaguaruana, Ibicuitinga, Mauriti e Aracati.

Acidentes
Duas pessoas morreram em acidentes de trânsito nas BRs que cortam o Ceará, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).Na BR-020, na localidade Vila Bom Jesus, no Município de Tauá (Região dos Inhamuns), uma colisão deixou morto Valdomiro Rodrigues de Oliveira, 49 anos. Já no quilômetro 228 da BR-116, no Município de Alto Santo (Região do Vale do Jaguaribe), Francisco José Benevides da Silva, 56, morreu numa colisão.
Na CE que liga a cidade de Quixeré ao Distrito de Flores, um acidente matou um homem identificado apenas por “Dão”. Ele foi vítima de um capotamento.
No Hospital Regional do Cariri (HRC) morreu Teófilo Pinto da Costa, 55, vítima de uma queda de moto no Município de Lavras da Mangabeira.

E em Mombaça, na rodovia estadual CE-060, uma colisão de um veículo Gol comum caminhão-pipa resultou na morte e um homem não identificado que guiava o automóvel. O desastre ocorreu por volta de 22 horas da última terça-feira.

FONTE: FERNANDO RIBEIRO