FERRO E AÇO MACHADO EM ALTO SANTO-CE

quarta-feira, 2 de maio de 2018

WhatsApp ganha chamadas de vídeo em grupo e outras novidades em breve







Segundo o vídeo de exemplo exibido durante a apresentação, pelo menos quatro pessoas poderão participar simultaneamente das chamadas de vídeo em grupo
(Foto: reprodução / The Indian Express )

Durante sua conferência anual de desenvolvedores, o Facebook anunciou que o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp vai receber novidades. A mais aguardada são as chamadas de vídeo em grupo, funcionalidade já presente em outros aplicativos como Snapchat e Messenger, também do Facebook. Adesivos para as conversas e recursos direcionados para empresas também chegam em breve.

As videochamadas não foram muito detalhadas na apresentação, mas, segundo o vídeo de exemplo, pelo menos quatro pessoas poderão participar simultaneamente. A empresa revelou que o WhatsApp tem mais de 450 milhões de usuários diários e mais de 2 bilhões de minutos de chamadas de áudio e vídeo são feitas através do aplicativo diariamente.

Outra novidade são os adesivos, ou 'stickers' com são conhecidos em inglês. A novidade segue outros apps, como Snapchat, Telegram, Line, WeChat e o próprio Facebook Messenger. Assim como acontece em alguns desses aplicativos, o WhatsApp também vai permitir que terceiros desenvolvam suas próprias coleções de adesivos.

O mundo dos negócios também será contemplado. Depois que lançou o WhatsApp para empresas no Android no início deste ano, que permanece gratuito, o aplicativo deve passar a cobrar valores em breve em troca de vantagens adicionais que ajudariam as empresas a alcançar mais clientes e mais ganhar dinheiro.

Retrocesso

Enquanto o WhatsApp ganha videochamadas em grupo, o Hangouts, do Google, vai perder a função em 21 de maio. Os clientes coorporativos poderão usar o Hangouts Meet para fazer reuniões à distância, mas os usuários comuns ficarão sem essa possibilidade.

Apesar de inevitável, administradores do G Suite poderão atrasar a mudança do Hangouts para o Hangouts Meet em até um mês após o prazo original. Para quem não usa G Suite e quer continuar dentro da plataforma do Google, a solução é migrar para o Duo, aplicativo criado pela empresa exclusivamente para chamadas de vídeo. Este, entretanto, não permite chamadas de vídeo em grupo como o Hangouts permitia.